Músicas mais acessadas

Fotos (20)

Release

“Hoje estou poesia/porque isto me faz bem/…/Tão gostoso seria/Abrir as janelas sem traumas/E enxergar as cores da alma/…”
in SEM MEDO, SEM TRAUMAS
Raberuan /Jocélio Amaro/ Zulu de Arrebatá


O poeta René Clair (1907/1988) dia "Aquilo que vem ao mundo para nada perturbar não merece respeito nem paciência" O compositor, poeta e cantor, Zulu de Arrebatá inicia sua caminhada no início dos anos 70 no bairro de São Miguel, zona leste da cidade de São Paulo, fazendo parte do "Movimento Popular de Arte" (MPA) que agragava jovens artistas e agitadores culturais. O MPA foi um projeto intelectual comun, que buscava como âncora manifestações artísticas como: musica, poesia, teatro, artes plasticas, etc. Do MPA, além de Zulu de Arrebatá, o grupo era integrado pelos ...

Continuar lendo>>