Contrate

Paulinho Bombassaro

(51) 3244-9801 | (51) 9973-0434

Vou pro Buteco

Celso Dornelles e Gabriel do Expresso

Briguei com ela
E fui parar no buteco
É lá que eu encho o copo
É lá que eu viro o caneco
Eu vou afogar as mágoas
Na cachaça e na sinuca
O som do rádio de pilha
O meu coração machuca

Vou pro buteco quando brigo com a marvada
Vou pro buteco quando brigo com a marvada
Encho a cara de cerveja
Ouço moda sertaneja e só volto de madrugada

O buteco fecha as portas só na hora que eu decido
Pego mais uma gelada e saio bebendo no bico
Minhas brigas com a marvada se contar são mais de cem
Chego e me deito com ela e ela me chama de bem

Vou pro buteco quando brigo com a marvada
Vou pro buteco quando brigo com a marvada
Encho a cara de cerveja
Ouço moda sertaneja e só volto de madrugada

Músicas mais acessadas

Fotos (22)

Release

?Moça Fandangueira, gosto do jeito que ela sorri ao dançar?…. Esse refrão, gravado no iniciozinho da carreira, deu o pontapé inicial, numa carreira vitoriosa do Tchê Barbaridade, mostrando um jeito novo de se fazer vanerão, de uma maneira universal, atingindo grande massa de público consumidor, que passou a ser Fã incondicional da banda, se identificando a partir daí com todas as composições do Tchê.
Marca forte na banda é a versatilidade nas letras, que, sempre em ritmo atualizado, criaram esse grande vínculo do TB com seu público, ora falando de amor, ora falando do campo, ora falando de festa, são 20 anos de uma ?parceria? entre a banda e seus fãs, que aguardam com grande ansiedade cada novo trabalho da banda.
O Marketing do Tchê Barbaridade também sempre foi ...

Continuar lendo>>