Vou Soprar Teu Nome

Edmar Santana

Sabe, já faz tempo que contemplo suas lutas
Seus tropeços e suas quedas
Não pare não, eu lhe dei autoridade
Você tem potencial para acabar de vez
Com essa angústia que te fere a alma
Chega, determino um ponto final, seu sofrimento encerra
Saiba que sou eu que dou limite aos mares, abro o horizonte
Faço o que quero e não descarto
A hipótese da promessa que eu fiz pra te honrar na terra.

Eu não vou admitir que o mau tempo tome posse desse caso
E se ache no direito de promover a festa, pra brindar o seu fracasso
E aplaudir sua derrota, porque caído no chão eles querem te ver
Mas sou eu, Deus, que escrevi tua história
E pra honra da minha glória isso não vai acontecer.

Sou eu que permiti você passar na prova
O inimigo empolgado chegou a dizer:
" Tá tudo acabado, esse aí já era e na lista
No inferno era menos um pra combater. "
Mas pra honrar meu nome, veja o que faço
Vai ficar admirado quem te humilhou.

No outdoor da praça quando ver teu nome
Vai dizer consigo mesmo ele é vencedor
Eu vou soprar teu nome, eu vou te exaltar, vou te por de pé
Pra todo mundo ver que eu não volto atrás naquilo que eu digo
Pois quem tem promessa minha, não pode morrer
É só louvar, é só louvar, é só louvar agora, é só adorar
E a vitória, a vitória, a vitória é sua, pode acreditar.

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (3)

Fotos (3)

Clipes (5)

Release

Paulista de nascimento, nascida em 9 de outubro de 1991 do signo de Libra, Stefhany adotou o Piauí como sua terra por sua família ter voltado ao estado de seus avós depois que seu pai faleceu. Desde os oito anos acompanhando a mãe em apresentações pelo nordeste, passou todo tipo de dificuldade cantando com bandas pequenas e apresentações em casas humildes. Foi assim que nossa estrela surgiu, como muito esforço e perseverança, passando por cima de muita humilhação e preconceito. Desde criança fui criada na igreja evangélica, minha avó é cristã, minha mãe também, é onde me sinto completa e feliz.