Regis RoaneSabor D'eternidade (ensaio)23 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 4

Sabor D'eternidade (ensaio)

Regis Roane

Passei a noite com algumas senhoras, sem horas pra voltar
Me expressei mal eram jovens senhoras, deixe-me reformular
Passei as horas com belas donzelas, numa noite daquelas
Senhoras pr'acabar

O que acontece numa noite dessas
Não se pode compreender nem mesmo explicar

E a gente é tão feliz que nosso brilho iluminou toda cidade
E a gente é tão feliz que nossos momentos tem sabor d'eternidade

Mais sorridente que um bando de crianças vivendo num parque
Eu sou artista a gente é artista sim, nossa vida é uma obra d'arte
Lá fomos nós sem olhar pra trás, exalando aquela paz
Porque acreditamos em magia, com a certeza no coração
De que essa noite é um belo dia pra se viver uma louca
Po-e-si-a

O que o álcool tece numa noite dessas
Não se pode compreender nem mesmo explicar

E a gente é tão feliz que o nosso brilho iluminou toda cidade
E a gente é tão feliz que nossos momentos tem sabor d'eternidade

Músicas mais acessadas

Fotos (2)

Release

Regis Roane, 22, Após viver uma experiencia transcendental aos 18, 
ganhou uma nova perspectiva sobre o modus operandi
contemporâneo que o inspira a compor canções que sugerem
a forma mais ecatômbica de subversão.
  
  Com pinceladas de Indie e MPB suas canções celebram

as varias facetas da liberdade e aborda suavemente 
temas como Veganismo, Espiritualidade e 
aspectos sagrados da Sexualidade livre com bases no 

Tantra e outros saberes modernos e ancestrais.
 
  Regis também costuma se divertir muito escrevendo
sobre si mesmo em terceira pessoa pra preencher  
os releases da vida. 

-Frodo Ecatumbo.