Sociedade AnônimaVamo que Vamo2.723 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 4

    Contrate

    Sandro

    (51) 9283-0514

    Vamo que Vamo

    Sociedade Anônima

    Vâmo que vâmo

    Eu vou que vou
    Ninguém vai poder me parar
    Tive minha chance e não deixei escapar
    Eu me joguei, saí daquela vida sem futuro
    Do tempo que eu andava no escuro
    Sei que o jogo é duro, que a gente tem pressa
    Mas chegar no fim é tudo o que me interessa
    Já errei, eu também já dei falha
    Eu sei já andei no fio da navalha
    Sei que boato no vento se espalha
    Mas nunca me misturei com canalha
    Ajo como falo, falo o que penso
    Procuro andar sempre com uma dose de bom senso
    E pra não acabar pelo meio minha correria
    Eu não esqueço, minha cabeça é meu guia
    Tudo o que eu faço é com amor no coração
    E se não for assim então não passa de ilusão
    Nada vale a pena se não for com vontade
    Tudo fica pequeno se não for de verdade
    Por isso vou seguindo meu caminho na paz
    Faço o que eu acredito e nada mais
    A vida é assim, cada um sabe o que faz
    Suar pelo sonho dos outros jamais

    Vâmo que vãmo porque ninguém vai poder nos parar
    Vamos seguir em frente e tomar nosso lugar
    Vâmo que vâmo que a caravana não pára
    Vâmo na fé, no sufoco, que o som não pode parar

    Vâmo que vâmo, é assim o dia-a-dia
    Onde a gente vai chegar ninguém diria
    É só ter fé, acreditar em si mesmo
    Se tem muito nos seus ombros
    É porque você agüenta o peso
    Pode acreditar, porque eu falo sério
    Pra se dar bem na vida não tem nenhum mistério
    Seguir em frente munido de coragem
    Fechando os ouvidos pra quem diz muita bobagem
    O invejoso te derruba, o sistema te oprime
    Como se correr atrás de um sonho fosse crime
    A sociedade cobra, exige mãos à obra
    Vai à luta, mas não seja massa de manobra
    Seja o que você quer, seja o que você sonha
    Respire fundo, erga a cabeça e se recomponha
    Tome as rédias da sua vida, escolha seu destino
    O contrário para mim é que é um desatino
    Transforme sua vida como você sempre quis
    Quem não dominar seu medo não tem como ser feliz
    É isso aí, eu quis, eu fiz
    Nunca me abalei com o que Zé povinho diz
    Vou em frente sempre forte
    Se tiver que desistir prefiro a morte

    Vâmo que vãmo porque ninguém vai poder nos parar
    Vamos seguir em frente e tomar nosso lugar
    Vâmo que vâmo que a caravana não pára
    Vâmo na fé, no sufoco, que o som não pode parar

    Músicas mais acessadas

    Fotos (3)

    Release

    Grupo de Rap formado por dois irmãos, Sandro Alfonso e Samir Alfonso.Na corrida do Rap desde 2002.Bases próprias e muita musicalidade.

    Valeu galera!!! Curtam e Comentem.