PLANO ZERORepública318 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 4

República

Serginho Zanne

De que vale a livre escolha se não temos opção
Ser alheio ou submisso não é ter opinião

E agradeço o seu desprezo como prova de afeição
O que sempre lhe desejo tenho pela contramão
O seu mundo está fechado já não há o que fazer
Só lhe sirvo de artifício que lhe cobre de poder

Sou escravo de um passado que eu mesmo nem vivi
Me corrompe esta certeza de morrer sem existir

E agradeço o seu desprezo como prova de afeição
O que sempre lhe desejo tenho pela contramão
O seu mundo está fechado já não há o que fazer
Só lhe sirvo de artifício que lhe cobre de poder

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (1)

Fotos (15)

Clipes (4)

Release

Desde sua estreia em 2000, o Plano Zero fez centenas de shows no underground do Rio de Janeiro, tendo participado de diversos programas de rádio, dentre eles o Programa “A vez do Brasil”, da Rádio Cidade e “Jone Brabo Show”, na Rádio Viva Rio.Cedeu várias entrevistas como uma das favoritas para abrir o show do Placebo no Rio em 2005, no festival “Claro que é Rock” além de marcar presença em festivais como a eliminatória do Rock in Rio III e o Festival Solstício do Som, em Petrópolis. Atualmente, tem feito diversas apresentações em palcos da cena carioca como Saloon 79, Durangos, Planet Music, Emporio Ipanema e o lendário Bar Bukowski, em Botafogo.

Formada atualmente por Serginho Zanne (vocal e guitarras); Pedro Costa (guitarras); Tiago Alexis (contrabaixo) e Sancho ...

Continuar lendo>>