NobatPolícia & Ladrão17.575 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 11

Contrate

Renata Assis

(31) 9408-4801 | (31) 9420-5322

Polícia & Ladrão

Nobat

Eu sei que parece brincadeira
Mas agora é pra valer
Você vai enfrentar os seus problemas
É hora de aprender

E esses seus gritos de desespero
São concertos pra ninguém
A vida quase sempre é um dilema
E não vai adiantar correr

Posso perder pontos
Por passar perto do ponto
Passar por perto do ponto
Onde se passa o perigo

Longe do abrigo já não sei mais o que eu vou ser

E é um jogo de pique-esconde
Se pega te mata e esconde
Socorro, socorre, corre
Só corro, não sei pra onde

A vida passa e eu já nem sei mais o que é você

Sem medo de chegar e procurar
Diz onde foi parar aquela velha ideia
De um tempo bom
Um tempo bom

Não vou me acovardar como você
Eu vou botar a cara na rua
E que me peguem

Eu sei que parece brincadeira
Mas agora é pra valer
Você vai enfrentar os seus problemas
É hora de aprender

E esses seus gritos de desespero
São concertos pra ninguém
A vida quase sempre é um dilema
E não vai adiantar

Moço morre moço
Por morar perto do morro
Morar por perto do morro
Onde mora o perigo

E já sei amigos não há muita coisa pra fazer

É um jogo de alvo ao tiro
Se pega, te mata a tiro
De leve eu levo a leva
Me leve, eu me retiro

Estou cansado de tanto ganhar o que perder

Sem ter onde chegar , o que procurar
Diz onde foi parar aquela velha ideia
De um tempo bom
Um tempo bom

E a mim já não há o que esperar
A não ser aqueles que sempre me perseguem

Músicas mais acessadas

Fotos (56)

Clipes (3)

Release

Iniciando seu projeto no ano de 2010, Nobat tem como proposta principal a mescla entre o rock das décadas de 60 e 70 com as novas tendências ditadas pelo indie-rock dos anos 2000.

O cantor e compositor belo-horizontino começou o ano de 2012 apresentando seu primeiro trabalho em carreira solo, o álbum “Disco Arranhado”, lançado no dia 21 de junho, no Palácio das Artes (Sala Juvenal Dias) com lotação máxima do espaço.

Com 10 faixas produzidas por Eduardo Curi, o disco reúne composições de características peculiares: ao mesmo tempo em que tece abstrações e considerações sobre a situação humana ou sobre questões universais, sua música nos atinge com uma dose excessiva de realidade, marcadas por um ritmo pulsante, guitarras eletrizantes e por um vocal enérgico e agressivo.

Atualmente, o músico ...

Continuar lendo>>