Liberdade JCOlhai por mim7.842 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 6

Contrate

Thiago

(11) 96256-7600 | (11) 2951-3859

Olhai por mim

TAS

Olhai Por Mim

Que coisa muito triste, lá vai mais um pivete
Pedindo uma esmola e a cena se repete
O vidro fecha em sua cara, quase prende o seu dedo
Tão pequeno, infantil, já passando sofrimento
De manhã ou de tarde, na chuva ou no Sol
Vai recebendo mais um não de farol em farol
Claro que tem uns que ajudam, mas esse são poucos
E o menino na esperança de conseguir um troco
Pra poder chegar em casa com dinheiro de um pão
Ajudando a sua mãe, um menino muito bom
Vai perdendo sua infância pelas ruas da cidade
Jogar bola ou estudar só em sonhos que consegue
Muitas vezes ele senta e chora na calçada
Ele queria outra vida, pois sonhar não custa nada
Essa é a realidade que se vê constantemente
Quem é ruim nem se importa, quem é bom sente

Oh meu Senhor olhai por mim
Olhai também por todos nós
Oh meu Senhor olhai por mim
Te peço não nos deixe sós

Vai passando mais um dia ele está com muita fome
Sua última refeição foi um pão duro, ontem
Tristeza nessa vida todos nós vamos passar
Mas o menino é muito novo, ele tinha é que brincar
Se reunir com seus amigos pra baterem uma bola
Aproveitar a sua infância pra poder ir pra escola
Pra ser alguém na vida, nesse mundo sofredor
Onde reina a violência, a guerra e o terror
Eu vejo muitos se gabando porque tem tudo na vida
Mas o menino não tem nada, no peito uma ferida
Que não quer cicatrizar, não tem remédio pra essa dor
Tão grande a desigualdade, a falta de amor
Com certeza não é a vida que ele pediu a Deus
Mas quem sabe tudo muda, realize os sonhos seus
Já está anoitecendo e a noite está bem fria
O menino vai pra casa, amanhã é outro dia

Oh meu Senhor olhai por mim
Olhai também por todos nós
Oh meu Senhor olhai por mim
Te peço não nos deixe sós

Ele chega em sua casa, se pode chamar de casa
Um barraco bem pequeno, dentro não tem quase nada
Somente um fogão velho, uma mesa e um colchão
Onde a mãe está deitada, com problemas no pulmão
Ele entrega o dinheiro que ganhou num dia inteiro
É bem pouco pode crer, mas é limpo e verdadeiro
Sua mãe sempre ensinou, melhor pedir do que roubar
E o menino segue a risca o que ela pode ensinar
Ela sempre sonhou com outra vida pro seu filho
Ser pedinte no farol, com certeza não é aquilo
O menino está com fome, sua mãe vai no fogão
Por incrível que pareça tem arroz e tem feijão
Ela ficou sem comer pro seu filho não ficar
De estômago vazio, pois ficou sem almoçar
E assim as horas passam, mais um dia vai findando
O menino sofre muito, mas do céu Deus ta olhando.

Oh meu Senhor olhai por mim
Olhai também por todos nós
Oh meu Senhor olhai por mim
Te peço não nos deixe sós

Essa não é a minha história, graças a Deus
E também nem a sua, porque as suas necessidades
Deus tem suprido, mas essa infelizmente é a história de muita criança por aí
Que ao invés de estudarem, brincar se divertir estão nos cruzamentos do Brasil
Vendendo balas, pedindo dinheiro, servindo de flanelinhas pra conseguirem centavos ajudando sua família não passar fome.
Ninguém faz nada para ajudar, mas lá do céu Deus está olhando, protegendo-os de todo mal.
Lá em Mateus 19:14 está escrito que Jesus disse "Deixai os pequeninos, não os embaraceis de vir a mim, porque dos tais é o reino dos céus."
Então estejam olhando as crianças do Brasil e do mundo com mais carinho, amém. E assim nós do Liberdade em Jesus Cristo mandamos nosso recado amém.

Músicas mais acessadas

Fotos (6)

Clipes (1)

Release

Tudo começou no ano de 2005 com o Mano Binho nos chamando para formar o grupo Co-Herdeiros com Cristo que de inicio foi formado por Mano Binho, WE e eu (TAS).

Em 2006 o Mano Binho deixou o grupo e felizmente isso serviu para nosso crescimento, pois éramos muito dependente dele e esse acontecimento nos fez evoluir. O WE não havia escrito nenhuma letra nesse tempo e isso "forçou-lhe" a começar.

No mesmo ano participamos de um festival de Rap da Igreja Fé e Obras (Pr. Aguinaldo) e a música que iríamos levar para o festival era minha primeira letra, intitulada de “Cuidado”, mas devido à proximidade da data de entrega da letra impressa o WE acabou entregando a única que ele tinha em mãos e que era sua primeira ...

Continuar lendo>>