João Chagas LeiteDesassossegos10.858 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 3

    Desassossegos

    Vaine Darde/ João Chagas Leite

    Meus desassossegos sentam na varanda,
    Pra matear saudades nesta solidão,
    Cada por de sol, dói feito uma brasa,
    Queimando lembranças, no meu coração.

    Vem a noite aos poucos, alumiar o rancho,
    Com estrelas frias, que se vão depois.
    Nada é mais triste, neste mundo louco,
    Que matear com a ausência, de quem já se foi.

    Que desgosto o mate, cevado de mágoas,
    Pra quem não se basta, pra viver tão só.
    A insônia no catre, vara a madrugada,
    Neste fim de mundo, que nem Deus tem dó.

    Meus desassossegos sentam na varanda,
    Pra matear saudades nesta solidão,
    Cada por de sol, dói feito uma brasa,
    Queimando lembranças, no meu coração.

    Então me pergunto neste desatino,
    Se este é meu destino, ou Deus se enganou?
    Todo desencanto para um só campeiro,
    Que de tanto amor se desconsolou.

    Músicas mais acessadas

    Fotos (12)

    Release

    João Chagas Leite natural de Uruguaiana encontrou sua verdadeira identidade por meados de 1983 quando participou pela primeira vez da Califórnia da canção nativa, na sua terra natal. Autor e interprete das famosas musicas “Por quem cantam os cardeais” e “Desassossegos", ao longo dos últimos anos, tornou-se um dos renomados intérpretes da música nativista, reconhecido não apenas no estado do Rio Grande do Sul, mas também além-fronteiras.
    São 13 primeiros lugares em festivais de música nativista, tendo vencido duas vezes consecutivas a 3ª e 4ª Tertúlia Musical Nativista, a primeira tertúlia vencida por Chagas leite foi como interprete com a música “Penas” e depois com “Pampa e Querência”.
    Já fez apresentações no Memorial da América Latina, em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Salvador, Espírito Santo, Uruguai e Argentina. Hoje ...

    Continuar lendo>>