FFBRAZILPedro Pobre Paulo Rico8.580 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 4

    Contrate

    Italo Ribeiro

    (15) 9137-4547 | (15) 9756-0334

    Pedro Pobre Paulo Rico

    Hugo Rafael

    Essa calma absurda um dia vai me dar
    Uma enxaqueca brava
    Passa a hora no relógio e o que eu escuto ai
    Só são perguntas e respostas
    Retas, sem um requinte cruel sequer
    Ai que inveja
    Desacostumei de ter a paz morando ao lado
    Do apartamento
    Cargas d´agua um dia esse fulano vai dizer
    Perdoa essa mania feia de acalmar
    Só que eu naum tenho motivo pra esbravejar
    Somos só recem casados
    Não liga não

    Pedro pobre paulo rico dois vizinhos tão distintos
    Uma esposa é gorda outra esposa é magrinha tão fininha
    Um casal do lado quebra o pau é toda hora todo mundo escuta
    E o outro troca caricias de amor até na hora de dormir

    Essa pegação de pé um dia vai me dar
    Uma dor de cabeça
    Passa a hora no relógio e só vem reclamar
    Que eu naum faço barulho que absurdo
    Isso é inveja, porque sempre que eu saio
    Vocês estão se estranhando
    Desacostumei de ser um cara esquentado
    Do lugar que venho
    Cargas d´agua um dia esse vizinho gordo vai
    Pedir desculpas por me acusar de tesourinha
    Só pq você é quieto e o prédio inteiro
    Assiste a baixaria que eu faço nesse quarto
    Da meia noite as seis

    Pedro pobre paulo rico duas figuras diferentes
    Uma espósa quebra a unha a outra é formosa tão vistosa
    Um casal do lado enche o saco é toda hora só o vizinho escuta
    E o outro troca beijos bem macios, tão baixinhos, tão comportados
    Háa.. se um dia esse vizinho chiar eu vou mandar ele pra tonga da mironga do kabuletê
    Aaa.. esse velho com mania de moçinho está me tirando a paz.. me deixando com a água no pescoço
    Ooo desgraçado.. venha aki do outro lado e vê se para de jogar laranja da janela essa fruta que é tão bela
    Joga a mãe.. experimenta se ela passa na janela
    Aquela gorda tão singela
    E sua esposa que é tão bela
    Toda cheia e banguela
    Que não encaixa nem tigela
    Nem no fundo da panela
    Dá pra comer!

    Músicas mais acessadas

    Fotos (13)

    Release

    *A BANDA E O SOM*: Concebida em finais de 2005, a Fast Food Brazil vem aparecendo em palcos diversos do cenário musical nacional. Intitulam seu estilo como "iluminismo musical" onde uma série de vertentes musicais se convergem para dar origem a um estilo novo e diferenciado de compor. Fazem parte do prato de fina misutra o funk, indie, o pop, o roque progressivo, jazz, psicodelismo e MPB. A FAST FOOD BRAZIL pode ser entedida como uma banda experimental onde a fuga do óbvio é o mote de todas as músicas. Transitando de compassos 4 por 4 à marcações indizíveis, do calmaria da bossa-nova à aluscinação psicodélica, do entravamento à evolução para danças mais que expontâneas, a FAST FOOD BRAZIL oferece uma iguaria e novísima ao paladar da música brasileira. *APARIÇÕES ...

    Continuar lendo>>