Lágrimas e Poesias

Diego Parma

O silêncio da escuridão das noites perdidas
As flores cultivam o sol que há de vir
Pelo mundo afora eu vou subsistindo ao tempo
Lágrimas e poesias dão sustento ao novo dia a chegar.

Mas se você quiser, eu estarei presente a imaginar o amor
Mas se você quiser, eu estarei presente a descobrir o amor.

O silêncio da solidão transforma-se em coração a nos salvar
Por um sonho afora eu vou conquistar quem nem chegou
Lágrimas e poesias hoje inspiram um novo dia de calor.

Mas se você quiser, eu estarei presente a imaginar o amor
Mas se você quiser, eu estarei presente a descobrir o amor.

Músicas mais acessadas

Fotos (33)

Clipes (10)

Release

Nascido em São Paulo, em 21/01/1984, Diego Parma (OMB-48771) inicia na música aos 12 anos de idade como estudante de instrumento de sopro, logo em seguida, aos 14 anos, entra no mundo das cordas, com o violão e, consequentemente, a guitarra.

Assim, começa a formar suas primeiras bandas e a fazer shows em pontos tradicionais da cidade. Com uma grande influência, sobretudo, da música brasileira, entra, também, para o mundo da composição (popular e erudito), intercalando suas músicas autorais às conhecidas que já eram do repertório.

Começa a lecionar violão, guitarra e teoria musical aos 16 anos de idade e enfatiza seus estudos também a outros instrumentos como: bateria, baixo, teclado e percussão, além do canto, o qual é o ponto forte de seus estudos, junto com o ...

Continuar lendo>>