Encontro das Águas

Cleber Faba

Duas águas se encontraram
Abraçaram-se num gesto de amor
Mas elas não se misturaram
E cada qual ficou com sua cor

Mistério da mãe natureza
Que a correnteza teima em separar
E os olhos do meu amor
Vê o que vê e não pode acreditar. BIS

O encontro desses rios
Faz palpitar diversos corações
É só ver o grande desafio
Que faz rio negro ao Solimões.

Nítida separação que fez o nosso grande criador
Para o boto namorador
Fazer sua procriação BIS

Quem chega perto quer fotografar
É tão bonita essa situação
Ver as águas se encontrar BIS
É tão divina essa emoção.

É tão lindo de se ver...se ver
É lá que afogo as minhas mágoas BIS
É sempre um encanto de prazer
De ver o encontro das águas.

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (1)

Fotos (26)

Release

Cleber Faba começou sua carreira musical nos anos 80 como calouro no parquinho 2000, programa do saudoso radialista Paulo Gilberto, quando adolescente, no mesmo período, tornou-se músico amador pela ordem dos músicos, Conselho Regional do Amazonas, em 86 tornou-se profissional da OMB/CRAM nº0965, fez parte da banda de baile Asa, mas tarde partiu para carreria solo, fazendo entretenimento musical em bares e restaurantes e shoppings de Manaus. É associado pela AMAR/SOMBRÁS-RJ e membro do CCB - Clube dos Compositores do Brasil - Guarujá/SP.
Os repertórios refinados da MPB nos bares da vida, influenciaram no estilo e no gênero musical que o artista traçou no meio artístico. Participou de vários festivais onde foi premiado com a melhor temática amazônica, no FECANI/92, 3º lugar no festival da canção SESC/93 ...

Continuar lendo>>