Banda L.R.CNunca é Tarde demais1.389 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 10

Contrate

Fabrício Fachini

(12) 98117-9044

Nunca é Tarde demais

Fabrício Fachini Ferreira

Esta é a história de alguém normal, de quem vive em um mundo desigual
Sem ouvir, sem sentir ou enxergar, todos os outros pra ele são ninguém,
Só vive para se satisfazer e com isso se entrega ao mal.
Em meio ás trevas existe uma luz que brilha para lhe ajudar a ver
Mas para isso ele deve buscar o perdão de deus e se arrepender
Sua família ele esquecia e sua vida se tornou em um poço profundo de dor.
Sua família ele abandonou pois não previa o tamanho da dor
Mas em uma noite sua mãe lhe procurou com muito carinho, ternura e amor.
Mas ele cego não quis enxergar que sua mãe veio lhe resgatar
Mas o futuro não podia ele prever disse a sua mãe para lhe esquecer.
Ao sentir essa dor, seu coração cedeu por perder seu filho esta mãe morreu.
Ao saber do fato, ele se perdeu, julgou ser a culpa totalmente de deus.
Pra ele é olho por olho e dente por dente então um bandido ele se tornou
Roubava pessoas tão inocentes em um desses assaltos a lei o encontrou.
Foi preso então perdeu todo o seu valor e passou pelo terror mas se encontrou...
Dentro da prisão ele chorou, sofreu mais do que nunca a dor carnal
Muito sangue e violência ele viveu, então deus ele decidiu buscar
Passou a conversar com pessoas enviadas à prisão para boa nova anunciar
Confessou a deus a sua história. confessou e decidiu não mais pecar.
Mas um certo dia algo ocorreu. se viu em uma rebelião
E um dos prisioneiros que ele conheceu apunhalou o seu coração
E antes de morrer ele agradeceu a deus e pelo dom do perdão.
E assim ele morreu perdoando seu irmão infelizmente descobriu no final...
Que o amor tudo supera, traz a paz no coração nos aproxima de deus a salvação.

Músicas mais acessadas

Fotos (19)

Release

Ao contrário de outras bandas, a banda L.R.C iniciou em 2011 através da concretização de um sonho do Guitarrista e Vocalista Fabrício Fachini Ferreira que através da ajuda de seus familiares conseguiu gravar 11 de suas composições. O trabalho ficou um pouco limitado aos seus dons musicais, uma vez que ele mesmo gravou os takes de bateria, cordas (guitarra, violão e baixo) e com a participação de seu irmão Flávio Fachini Ferreira que gravou os teclados.