Menina Doida

Pedrinho

(refrão)
Só pra te ver dormir
Só pra te admirar
Pra não querer dormir
Quando seu olho fechar

Você consegue me encantar
Se fecha os olhos
De olhos abertos quero te espiar
Para alimentar meus sonhos

Já cantei os seus detalhes
De tanto te observar
Te lembrei milhares de vezes
Enquanto seu beijo me deixou raciocinar
Tentando encontrar a resposta
Que que tem a ver você com meu coração
Anjo que eu nem conhecia
Jogou sua magia
Querendo minha redenção

Tipo alguém que chega almoça e lava a louça
Essa é a moça
Essa é a moça
Que chega em minha casa às 4 horas eu dormindo ela sorrindo pronta pra pensar
O que eu vou falar
Será que ela vai notar que eu fiquei feliz?
Tomara que note
Tomara que note
"caralho! eu estou com sorte"
Só vou esperar ela deitar
Abrir a porta e bla bla bla no seu ouvido
Menina doida

(refrão)

Já te imaginei nos bares
Nem queria imaginar
Já tentei entender o porquê você passa seus dias querendo se alienar
Já sabia que era criança

Chora no meu colo então
Do teu lado cê tem um amigo
Outro caminho
Longe da perdição

Eu tô feliz é sério, eu não tô rindo à toa
Eu tô de boa
Eu tô de boa
Primeira vez que alguém escuta meus conselhos
Fala que sou bom exemplo
Pensa em mim, liga pra mim
E vai dormir lá em casa
Será que ela vai notar que eu fiquei feliz?
Tomara que note
Tomara que note
"caralho! eu estou com sorte"
Só vou esperar ela deitar
Abrir a porta e bla bla bla no seu ouvido
Menina doida

Queixo-me as rosas mais que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam o perfume
Que roubam de ti..

Só pra te ver dormir refrão
Só pra te admirar
Pra não querer dormir
Quando seu olho fechar..
Menina doida, menina doida
Menina doida, menina dooooooiiidaaa...

Músicas mais acessadas

Fotos (1)

Clipes (1)

Release

Treze. Treze anos já. Treze anos ainda. Em todo esse tempo, o K2 progrediu em sua maneira de existir e produzir. A banda criou um projeto inteiramente independente! Foi a partir dos primeiros shows em festas de faculdade, aniversários de cidades e bares/bailes da vida que saiu o dinheiro para a gravação do primeiro disco, MusiK2 (2000). Das viagens de divulgação, agenda de tentativas, ônibus, caronas e chás de banco sempre rolava um contato, uma outra perspectiva, e rendia execuções espontâneas em rádios de Minas e São Paulo. Os resultados logo apareceram!

Primeiro a banda venceu disputados festivais nacionais como o Som Submarino (site Submarino) e o Coração de Estudante (Globo/UNE), ambos introduziram o então recente formato ?votação pela internet?. Em Belo Horizonte, a banda grava o disco ...

Continuar lendo>>