XANGAITrabalhadores Do Metrô8.588 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 2

    Trabalhadores Do Metrô

    Xangai

    Vivendo na cidade grande
    Na força da mocidade
    Tinha ofício de armador
    Armou do ferro da férrea necessidade
    Pontes praças e pilares
    Riquezas não desfrutou
    Depois de tudo pronto
    Tudo feito tudo arrumado
    No bronze que foi lavrado
    Só deu nome de doutor
    O do prefeito, o do secretariado
    E o do grande encarregado
    Seu nome não encontrou
    Bate zabumba pro povo fazer fuá
    Tristeza de catacumba
    No forró não pode entrar
    Precisaria de uma placa que seria
    Bem do tamanho da Bahia
    Juazeiro a Salvador
    Pra que coubesse
    O nome de quem merece
    De quem vive construindo
    Homem, mulher e menino
    Que é tudo trabalhador
    Bate zabumba pro povo fazer fuá
    Tristeza de catacumba
    No forró não pode entrar
    Zabumba ê... (bis)

    Músicas mais acessadas

    Fotos (1)

    Release

    Ex-vaqueiro e filho e neto de sanfoneiros, Xangai nasceu no sertão baiano. Sua voz poderosa está a serviço da música e dos ritmos nordestinos: forró, rastapé, xote, ligeira, baião, coco, galope e o gêneros afins. ?Acontecivemento?, lançado em 1976, foi seu primeiro disco. Além dos trabalhos individuais, Xangai fez um álbum em parceria com Renato Teixeira e dois volumes do disco "Cantoria": registro de um histórico show com Elomar, Geraldo Azevedo e Vital Farias, feito em 1984. Um de seus últimos trabalhos é ?Cantoria de Festa?, que começou a ser gravado no carnaval de Salvador e foi finalizado no Rio de janeiro. Com produção de Mario de Aratanha e do próprio Xangai, o CD faz um apanhado do caldeirão rítmico sertanejo.
    "Xangai, um cantor, um artista, um menestrel, um dos ...

    Continuar lendo>>