Contrate

Dulcinéya Gomides

(31) 8555-4025 | (31) 8653-4587

Tem gente que bota olho gordo

Wander Sáh

Tem gente que bota olho gordo
Tem gente que só quer seca
Tem que ter um santo forte
Muita fé misifi sarava
Tá com medo chama o padre Quevedo
Poe um galho de arruda atrás da orelha
Pra exorcizar a zica da turma do Zeca Pimenteira

Vou te contar a história de um amigo meu
Seu vizinho é um danado de um zoiudo
Veja só o que aconteceu
Durante uns 5 anos juntou o seu dinheiro soado
Comprou um carango bonito importado
E o invejoso apareceu
Dizendo sempre eu quis ter um carro assim
E foi ai que a coisa então ficou ruim
Bateu a chave e o carro pifou
Um pneu ficou murcho e outro estourou
Fechou um curto que o possante até fogo pegou
Se deu mal porque ainda não tinha seguro
Chorou igual criança foi um golpe duro
O traíra o consolou
parecia um urubu usando óculos escuro

Tem gente que bota olho gordo
Tem gente que só quer seca
Tem que ter um santo forte
Muita fé misifi sarava
Tá com medo chama o padre Quevedo
Poe um galho de arruda atrás da orelha
Pra exorcizar a zica da turma do Zeca Pimenteira

Tem gente que sofre e não é por falta de aviso
Já que esse meu mesmo amigo
Disse que olho gordo é superstição
Aquele vizinho zoiudo lhe fez uma visita
Todo de preto com uma cara esquisita
reparando do teto ao chão
E disse eu sempre quis ter uma casa assim
E foi ai que a coisa então ficou ruim
Um cano na cozinha estourou
Fez uma lambança e tudo alagou
Sua linda TV de plasma caiu e se espatifou
Se deu mal de novo foi um golpe duro
Deu uma infiltração que fez Cair o muro
O traíra o consolou
parecia um urubu usando óculos escuro

Tem gente que bota olho gordo
Tem gente que só quer seca
Tem que ter um santo forte
Muita fé misifi sarava
Tá com medo chama o padre Quevedo
Poe um galho de arruda atrás da orelha
Pra exorcizar a zica da turma do Zeca Pimenteira

Músicas mais acessadas

Fotos (7)

Release

Cantor e compositor mineiro, Wander Sáh é mais um desses andarilhos da arte musical que vem mostrar a todos suas composições no intuito puro e simples de ser ouvido e compreendido pelas pessoas que veem na música um instrumento puro e prazeroso de interatividade. Há muitos anos já compõe, inclusive teve participação no carnaval da cidade de Timóteo-MG por três anos consecutivos (1995/1996/1997) compondo os sambas do bloco caricato Entre Aspas, e os interpretando na Avenida, o que chamou atenção pelas letras que fez mesclando protesto e poesia aliados a melodias e refrões contagiantes. Sempre Requisitado em festas, bares e restaurantes na região do Vale do Aço em MG, hoje o artista faz shows na capital mineira. Influenciado por nomes como Djavan, de quem se declara fã incondicional ...

Continuar lendo>>