vórtexA Filha da Vizinha11.528 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 13

A Filha da Vizinha

vórtex

Pai olha só que legal
Hoje fiquei com a filha da vizinha
Ela é uma loucura muito muito assanhadinha
Dizendo que me ama e agora é só minha
Beijei ela na boca e depois no ouvidinho
Tirei seu sutiã e chupei os seus peitinhos
A coisa esquentou então levei ela pro mato
Abaxei suas calçinhas e botei ela de quatro
Disse que era virgem mais ficava muito louca
Tirou minha cueca e botou meu pau na boca
Lembrei de uma coisa que eu vi num filme pornô
Fiz com ela um meia nove e não é que ela gostou
Só que na hora de dar a buceta
Ela me olhou e disse isso
Eu não posso
Desculpe por favor
Eu lamento te dizer
Só depois de me casar por que ainda sou "cabaço"

Refrão:

Mas ela disse no "cuzinho" que eu gosto
Mas ela disse no "cuzinho" que eu gosto

Refrão 8x

Músicas mais acessadas

Fotos (13)

Release

Em 1997 nasceu a Vórtex, formada por amigos que moravam na cidade de Tramandaí, litoral norte do Rio Grande do Sul. Hoje ( Webber, Geison e Victor ), fazem um Punk Rock simples e contagiante, com influências de bandas como Ramones, Bad Religion e Greenday.

Em 1998 a Vórtex participa da coletânea Punkadaria, que divulgou as novas bandas do Estado. No mesmo ano é convidada para abrir o show dos suecos do Millencolin, no bar Opinião.

No ano seguinte a Demo “Sem Sentidos” é lançada, com grande repercussão nas vendas. Trazendo à banda convites para shows com bandas como Replicantes e Tequila Baby, além de grande repercussão no Programa Tchê Rock da rádio Transamérica e execução nas Rádios Ipanema e Pop Rock.

Em 2001 a rádio Ipanema inclui a Vórtex na Coletânea ...

Continuar lendo>>