VELHO DO RIOImortal.1.989 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 13

Contrate

Fabio Henrique

(67) 9243-0143 | (67) 9262-3291

Imortal.

Thiago Rezende

Não me alimentei de tudo que julguei
Ser fácil encontrar
Sempre ignorei em falso pois errei
Por um vício imoral

Tento encontrar um caminho esquecido
Trago em minha alma um espinho impreciso imortal

Foi quando vi você então
No caminho da escuridão
Quero voltar a ser capaz de ver
De te livrar dessa prisão
Te estender a minha mão
Ou tudo que possa aliviar a dor

Não te interroguei de fato que ouvi
Não é fácil suportar
Sei que insisti conselho não ouvi
Pois me visto sempre mal

Tento aliviar o castigo por instinto
Tua alma pede um abrigo um destino a morar

Foi quando vi você então
No caminho da escuridão
Quero voltar a ser capaz de ver
De te livrar dessa prisão
Te estender a minha mão
Ou tudo que possa aliviar a dor

Músicas mais acessadas

Release

De volta a cena. Estas são as palavras dos integrantes da banda campo-grandense Velho do Rio, formada em 2.004 pelos músicos, Thiago Rezende, Fábio e André Prinheiro, Alex Matoso e Paulo Bergonzi, que após um ano longe dos palcos, retornam com o show de lançamento do seu primeiro cd intitulado Novos e Velhos Mistérios.
Durante este período a banda trabalhou na composição e produção das doze canções autorais que estão no cd e no desenvolvimento de uma estética que traduzisse de forma fiel as idéias da banda.
De forma bem original, Novos e Velhos Mistérios não se prende a nenhum estilo específico, hora romântico, hora pesado, passando por baladas e histórias que são contadas através das letras que abordam entre outros temas a natureza, espiritualismo, o amor, desilusões e ...

Continuar lendo>>