Valtinho LinsPerigosa Chama29.821 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 8

Release

Cantor. Mercadólogo. Foi criado no bairro do Pazetto, subúrbio de Lins (SP), onde aos 14 anos de idade começou a tocar instrumentos de percussão, durante os intervalos das peladas. Aos 15, entrou para um grupo de pagode do bairro. Iniciou sua carreira artística cantando em bailes no interior do estado de São Paulo e algumas vezes até fora do estado.

Após alguns anos cantando em bailes, montou a banda VRZERO2, onde se apresentava em bares e casas noturnas de todo interior de São Paulo. Tempos depois seguiu carreira solo. Em 2014 lançou seu primeiro CD “Desabafo”, com as faixas “É hora de acertar” (Rafael Massoto, Tundy de Pilares – Compositor do sucesso Velocidade da Luz do grupo Revelação e Raphael Richaid), “Qual futuro então virá” (Rafael Massoto, Inácio Rios e Ramom Torres), “Sua falta” (Rafael Massoto, Ramom Torres), “Momento feliz” (Rafael Massoto, Ramom Torres), “Desabafo” (Marcelo Khor), “Perigosa chama” (Rafael Massoto, Inácio Rios e Serginho Meriti – Mito do samba, compositor de grandes sucessos, entre eles Deixa a Vida me Levar, Angela e Gira Girou), “Tão atrevida” (Rafael Massoto e Thiago Dias) e “Talvez amigos” (André da Mata). Os cd´s "Desabafo" e "Momento Feliz" foram produzidos pelo amigo, padrinho, multi instrumentista e produtor Alex Mancha. Além do produtor Alex Mancha, um dos grandes parceiros do Valtinho para a concretização dos cd´s foi o amigo, também padrinho, produtor cultural, poeta e compositor Rafael Massoto. Ambos contribuíram muito para que os cd´s "Desabafo" e "Momento Feliz" se tornassem realidade.

Nesse mesmo ano foi convidado pela Federação Paulista de Futebol para cantar o hino nacional brasileiro no jogo Corinthians x Linense. Sua participação foi transmitida ao vivo pelas principais emissoras de TV. No início de 2015, seu nome foi inserido no Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira.

Em maio de 2016, lançou seu CD na cidade de São Paulo, na quadra da Unidos de Vila Maria (Quintal da Vila) com uma nova capa e com o titulo “momento feliz”. Teve a honra de ter a presença do cantor e compositor Serginho Meriti e do seu padrinho no samba, o grande compositor Osvaldinho Babão.