Usina LunarO Velho Rey2.038 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 11

Contrate

Usineiros Lunáticos Produções

(31) 3213-6502 | (31) 8850-4657

O Velho Rey

Oldair Da Silveira

O Velho Rey
Usina Lunar

Vamos voltar agora nos anos 80 quando esse bom amigo foi fabricado. Um Ford Del Rey, uma belezura de carro... Nós passeávamos para todos os lados. Mais o tempo foi passando e meu carrango ficou velhinho!!! Quase gaga...

A vida passa em segundo
Pouco tempo é um minuto
Vou contar para vocês.

Do velho Rey
Do velho Rey
Do velho Rey, ehehehe...

Quando entro no meu carro
Tudo passa muito rápido
Eu não quero nem saber.

Que o seu cinto ta quebrado
O farol já ta queimado
Vai fazer aniversário na entrada deste mês.

É o velho Rey
É o velho Rey
Meu velho Rey, ehehehe...
2X

O seu banco ta rasgado
O macaco ta emprestado
O estepe ta furado
Documento atrasado
O motor desregulado
O pneu desalinhado eu não quero nem saber.

Meu velho Rey
Meu velho Rey
Meu velho Rey, ehehehe...
Meu velho Rey
Meu velho Rey
Meu velho Rey, ehehehe...
E eu piso sem dó 120 km, não tira o pé!

Que o seu cinto ta quebrado
O farol já ta queimado
Vai fazer aniversário na entrada deste mês.
O seu banco ta rasgado
O macaco ta emprestado
O estepe ta furado
Documento atrasado
O motor desregulado
O pneu desalinhado eu não quero nem saber.

Meu velho Rey
Meu velho Rey
Meu velho Rey, ehehehe...
Meu velho Rey
Meu velho Rey
Meu velho Rey, ehehehe...
Não tira o pé!!!

Músicas mais acessadas

Fotos (27)

Clipes (1)

Release

A Banda Belorizontina, Usina Lunar, tem como meta a interação entre as pessoas que gostam da boa música pensante e tem a mesma como válvula de escape… Seus integrantes, Oldair Da Silveira (vocal - Violão), Ronaldo Rodrigues (Bateria- backvocal), Everton Souza (Guitarra - Backing vocal) e Filipe Lacerda (Contra-Baixo), juntaram-se no intuito de fazer música para a música e não para rótulos ou tão pouco falsas bandeiras. Sabem que a estrada para o sucesso é uma via não pavimentada. Carece também de sinalização e iluminação. Botinas nos pés, uma bússola, uma lanterna e um guarda chuvas nas mãos e porque não um Velho Del Rey, são poucos aqueles dotados da capacidade de se embrenhar por um terreno árido, pisar nas pedras, queimar a face no calor do sol, acelerar a 120km e ...

Continuar lendo>>