Contrate

Negro Tchela

(61) 8434-5462 | (61) 9928-5344

O Negro em Construção

Negro Tchela

Não há passividade histórica.
E a estória criada pode se tornar em uma arma
Que fere o corpo e mata a alma.
Não a alma de um indivíduo, mas de uma nação.
Sendo uma ferramenta de poder e dominação.
É preciso resgatar a História negada, os valores perdidos,
A História que salva e liberta o povo oprimido.

A história é uma arma de dominação.
Verdades construídas, verdadeiras mentiras,
Mais um meio de propagar o preconceito.
Destrói uma nação, isso não é direito.
Passado de pai para filho como se fosse normal,
O racismo persiste, esse mal letal
Que machuca o corpo e fere a alma.
O tempo cura a carne, mas contínua os traumas.
- Mas, aê, você é racista?
- Claro que não!
- Mas o racismo existe?
- Existe meu irmão.
Não quero achar normal o negro ser humilhado,
Xingado, maltratado, sempre deixado.
Como KiriKu, vou perguntar,
Descobrir as verdades me libertar.
Igual fênix, das cinzas renascer.
A informação é o adubo que lhe faz crescer.

Quero rever a história,
"Recontar" a História
De um povo negro guerreiro ressurgido em mim
E conhecer a história e transmitir a História
De um povo que luta até o fim.

Quero rever a história,
"Recontar" a História
De um povo negro guerreiro ressurgido em mim
E conhecer a história e transmitir a História
De um povo que luta até o fim.

Resistência, essa é a palavra.
No dicionário do guerreiro com certeza não falta.
Há muito tempo que o negro fez de si o conceito
Lutando contra a opressão,
Buscando o que lhe é de direito.
Escravo passivo. Não, não é verdade.
Lutando até o fim pela sua liberdade.
Seja no banzo, sofrimento profundo
Por te arrancarem de sua terra, do seu mundo.
O suicídio forma letal pra quebrar a corrente
Não permitindo que a escravidão passe a seus descendentes.
"A união faz a força." Quilombo formado,
Comunidade unida resistindo de fato.
As leis abolicionistas foram farsas.
Piadas brasileiras sem a menor graça.
A Lei Áurea, maior delas, que nada mudou.
Mais uma prática macabra do opressor.
Embranquecimento do Brasil e pro negro nada
Numa sociedade hipócrita há muito tempo marcada:
Pelo preconceito, racismo, discriminação.
Tendo o modelo europeu como o modelo padrão.
O resgate da verdade é a solução,
Combustível pro guerreiro continuar na missão.

Quero rever a história,
"Recontar" a História
De um povo negro guerreiro ressurgido em mim
E conhecer a história e transmitir a História
De um povo que luta até o fim.

Quero rever a história,
"Recontar" a História
De um povo negro guerreiro ressurgido em mim
E conhecer a história e transmitir a História
De um povo que luta até o fim.

Mais um preto na estrada
Em busca da identidade perdida, negada, mutilada, talvez destruída.
Descendente de um povo que construiu o Brasil.
O tempo passou e a história não viu.
Ainda há tempo. Momentos de reflexão
O levantar de um guerreiro, sua arma a informação,
Que acorda e olha a sua volta,
Percebe que seus semelhantes só ficaram com as sobras.
O esperado encontro você e você mesmo
Diante do espelho a imagem de um guerreiro
Com cabelo, boca, traços diferentes.
Tira a máscara e se enxerga realmente.
É hora de encarar o mundo do seu jeito.
Mostrar sua cultura, cobrar o seu respeito.
Numa estrada de espinhos
A retomada da missão inicia sua luta o negro em construção.

Quero rever a história,
"Recontar" a História
De um povo negro guerreiro ressurgido em mim
E conhecer a história e transmitir a História
De um povo que luta até o fim.

Quero rever a história,
"Recontar" a História
De um povo negro guerreiro ressurgido em mim
E conhecer a história e transmitir a História
De um povo que luta até o fim.

Músicas mais acessadas

Fotos (7)

Clipes (2)

Release

A definição do Unidade Racial não é muito diferente da de vários grupos de Rap espalhados pelo Brasil que em meio a muitos preconceitos e dificuldades de todas as formas têm na determinação a base para correr atrás dos seus objetivos. Formado por 4 componentes o grupo de Samambaia (DF) tem como características mais marcantes uma pegada forte aliada a letras conscientes e com muita humildade, determinação e trabalho tenta conquistar seu espaço no gosto dos amantes do rap nacional.