contrate

Vento da Noite

Pedro Ornellas e Campos Sales

Noite comprida, vou caminhando, rua deserta
Noite de trevas, nuvens escuras, lua encoberta
Passos perdidos, pedras que ferem, trilhas incertas
Sonho impedido, peito ferido, chagas abertas

Vento da noite bate em meu rosto, rosto molhado
dor insistente, lágrima quente, vento gelado
Ah, se pudesse secar por dentro pranto trancado
grito que clama, dor de quem ama sem ser amado
grito que clama, dor de quem ama sem ser amado

Vento da noite bate em meu rosto, rosto molhado
dor insistente, lágrima quente, vento gelado
Ah, se pudesse secar por dentro pranto trancado
grito que clama, dor de quem ama sem ser amado
grito que clama, dor de quem ama sem ser amado

fotos (24)

clipes (13)

comentários (50)

Alceu Correia

através do palco encontrei essa dupla de artistas e já fiquei fã gravei muitas musicas de vocêis pra ouvir...

Sérgio Borges

sergio borges

Israel Oliveira

Show demais.

Eleonice Juste

Homenagem ao Sr. Fifio

andrecaconde

gostaria por meio deste espaço parabenizá-los pelo trabalho,é impressionante como a linguagem simples do campo pode retratar tão bem as histórias do verdadeiro gênero sertanejo...

45 comentários

artistas relacionados