Contrate

Vento da Noite

Pedro Ornellas e Campos Sales

Noite comprida, vou caminhando, rua deserta
Noite de trevas, nuvens escuras, lua encoberta
Passos perdidos, pedras que ferem, trilhas incertas
Sonho impedido, peito ferido, chagas abertas

Vento da noite bate em meu rosto, rosto molhado
dor insistente, lágrima quente, vento gelado
Ah, se pudesse secar por dentro pranto trancado
grito que clama, dor de quem ama sem ser amado
grito que clama, dor de quem ama sem ser amado

Vento da noite bate em meu rosto, rosto molhado
dor insistente, lágrima quente, vento gelado
Ah, se pudesse secar por dentro pranto trancado
grito que clama, dor de quem ama sem ser amado
grito que clama, dor de quem ama sem ser amado

Músicas mais acessadas

Fotos (24)

Clipes (13)

Release

Dois poetas consagrados e autores de centenas de músicas
unem suas vozes para resgatar a verdadeira música caipira.

Campos Sales:Pioneiro de rádio e televisão, atuou ao lado
de grandes nomes como Luiz Gonzaga, Tonico e Tinoco,
José Fortuna, João Pacífico e tantos outros.

Pedro Ornellas: Dezenas de músicas gravadas por
intérpretes como Dino Franco e Mouraí, Pedro Bento e
Zé da Estrada, Celita, Trio Carga Pesada, etc.

Ambos têm centenas de premiações em concursos de
trovas em todo o Brasil e exterior.
.
"Música de verdade têm que ter conteúdo, sentimento,
mensagem… tem que ter começo, meio e fim"