Tribo da PeriferiaImprevisível - Tribo da Periferia3.657.165 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
cancelar

Seu comentário foi publicado. Visualizar

Iniciando música ~ em
    1 / 98

    Contrate

    Tribo da Periferia - Pense O Que Quiser

    Tribo da Periferia

    Pense o que quiser, hum
    Pense o que quiser (bis)

    Enquanto o mundo gira, os piranha sorri
    Eu vou atrás do lance demorô
    Enquanto o mundo gira, e os capa reza o meu fim
    O frevo em my house aglomerou

    Ah, tá pensando que eu sou patrão
    Porque me viu de whisky
    Meu viu de patricice isso aqui não é fashion Week
    Correria é de ladrão, sem clima de tensão
    Sem trauma, sem um click
    Não tem precisão é só pensar na hora certa
    Vantagem não é medonha
    Enquanto eles quer fama, porra
    Duckjay não sonha
    As paty goza e morde a fronha
    A festa é na favela, os muleque fuma maconha
    De civc na banguela, os bad boy de bicicleta
    De bermuda e de chinela
    Enquanto eles quer guerra,
    Eu canto outra canção pra ela
    I love you cinderela
    Seu sol da minha favela
    Quando brilha na viela, deixa a noite bem mais bela
    Que Deus me fortaleça e distancie meu final
    E que me faça escola desse mundo criminal
    Dos barraco de madeira, as taça de cristal
    Até meu funeral, biografia marginal

    Pense o que quiser, hum
    Pense o que quiser (bis)

    Enquanto o mundo gira e os piranha sorri
    Eu vou atrás do lance demorô
    Enquanto o mundo gira e os capa reza o meu fim
    O frevo em my house aglomerou

    Eh, porra, lembrei das cross
    Das mobilete caloi
    Dos sonhos do vídeo game
    Dos bonequin tek toy
    Óh pa noix, calejadão pá carai
    Quanto choro hein, regrado pela rua
    Não aceita desaforo já é corda de ouro
    Amor de puta, todo dia acaba
    Mas volta de kama sutra
    Quem não quer julgar sua conduta de maloqueiro hein
    Se te ver de golf, se te ver com dinheiro
    É de rueiro o tempo inteiro
    Filho do sereno pra quem jogou na poeira
    Maracanã é pequeno
    Outra dose do veneno
    Oh só, Deus ta vendo
    Ele sabe quem ta gozando, ele sabe quem ta sofrendo
    Altos muleque se fudendo
    Sorrindo pro espelho por fora
    Mas por dentro ta chorando de joelho
    Vi coração de pedra quebrar com uma canção
    Vi filho bom se revolta e vira ladrão
    Perante essa lua de prata, indecisão desacata
    Cata o dinheiro do cofre, seu parceiro te cata
    Irmão, bota logo pra fuder nesses fudido
    Duckjay é um, mais calibre é sortido
    Que Deus me fortaleça e me proteja dos maus
    E que me faça escola desse mundo criminal
    Do barraco de madeira, as taças de cristal
    Até meu funeral, biografia marginal

    Pense o que quiser, hum
    Pense o que quiser (bis)

    Enquanto o mundo gira e os piranha sorri
    Eu vou atrás do lance demorô
    Enquanto o mundo gira e os capa reza o meu fim
    O frevo em my house aglomerou

    O frevo em my house aglomerou

    Músicas mais acessadas

    Clipes (23)

    Release

    O grupo brasiliense Tribo da Periferia ou simplesmente TRIBO, para seus milhões de
    fãs por todo território nacional, foi fundado no início de 1998 por seu vocalista Duckjay.
    Nascido em Planaltina (DF), o grupo é reconhecido por todo o Brasil e se destaca pela
    inovação e criatividade em suas composições.

    Duckjay (Luiz Fernando da Silva), criador da Tribo, é brasiliense, além de
    cantor, é autor e produtor musical de suas músicas. Duckjay começou a compor ainda
    muito jovem e hoje, em parceria com seu amigo Look, também cantor e compositor,
    formam a Tribo.

    Em seus 20 anos de sucesso o grupo Tribo é considerado como um dos percussores
    do rap nacional, conta com mais de Dois milhões de inscritos em seu canal oficial,
    suas musicas, com letras que falam de ...

    Continuar lendo>>