Contrate

Davi Ferreira

(32) 99921-9441 | (32) 3017-6126

Terra para todos

Davi Ferreira

Terra para todos
Para todo e qualquer gosto
Para sua produção
Sua justa exploração

A sua terra todos tem direito
A sua produção com respeito
A ela que nos traz o que comer
A nossa mãe eterna não pode morrer

Mas muitos não respeitam
Muitos não aproveitam
Muitos a violenta
E uma hora ela não aguenta

A sua terra todos tem direito
A sua mãe sincera sem preconceito
E que o castigo ela traz quando não respeita
A nossa mãe sincera não pode morrer

E tem gente que muito tem
Mas não aproveita o que tem
Egoísmo sem sentido
Que acaba levando muitos pra beira do abismo

E a sua decadência
A sua impaciência
Vem se aproximando
Da ganância urbana que vamos conservando

Terra para todos, terra para todos
Terra para todos, terra para todos
Terra para todos, terra para todos
Terra para todos, terra para todos

Olha pro guerreiro com a foice na mão
Lutando quase descalço com os pés no chão
Lutando por uma terra que é pra todos
Numa luta desigual onde não valorizam seu esforço

Mulheres e crianças
Velhinhos também
Entram na luta dizendo amém
Tentando conter sua fome e desespero

Fome e desespero!
Fome e desespero!
Fome e desespero!
Fome e desespero!

Músicas mais acessadas

Fotos (109)

Release

A banda começou a surgir em 2001, quando o vocalista Davi Ferreira junto com o baterista Leonardo Vargas de Moura fundaram o Korvo Punk. Ambos estavam no terceiro ano do ensino médio. O repertório inicial era composto por Ramones, Nirvana, The Offspring, Titãs e algumas músicas próprias. No ano seguinte a banda passou a chamar Comedores de Lixo.

Em 2003, percebeu-se que o nome Comedores de Lixo não era muito atrativo. Com a entrada do baixista Renato Rezende (o "Ratu"), a banda passou a chamar Subefeito e o nome "Comedores de Lixo" passou a ser o título do primeiro álbum, gravado no mesmo ano no Estúdio Caraíva Music em Juiz de Fora - MG. A produção foi independente e teve grande colaboração do estúdio. O resultado surpreendeu: um álbum com qualidade ...

Continuar lendo>>