SpeedfreakSVem Pra Cá4.357 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 14

Vem Pra Cá

Speed

Entrando na festa pela porta da frente/
Ta legal aqui, a gente já sente/
Logo no Hall a mulherada se esbarra/
Pede uma historia contente, a rapaziada narra/
Todo mundo tranqüilo nada de marra/
Ela abre um sorriso, seu estilo me agarra/
Seu perfume me inebria acabei de chegar/
Controlo a euforia, vou direto no bar/
Pego uma cerveja pra relaxar/
Volto no balanço do som sem vacilar/
Chamo no canto, na social pá conversar/
Sem espanto ela vai comigo pra lá/
Beijo no pescoço, na nuca comecei a viajar/
Acho que não saio daqui nunca só se ela quiser dançar/
E ela quis, eu fiz, fui e observei seu jeito de rebolar/

"Vem pra cá que eu quero te beijar/
Eu fico louco só de imaginar/
Vem pra cá que eu quero te beijar/
Daqui a pouco a gente vai pra lá/

Vem pra cá que eu quero te beijar/
Eu fico louco só de imaginar/
Vem pra cá que eu quero te beijar/
Você vai gostar do que vai rolar/"

Seu ponto vibrando na freqüência grave/
Tem seqüência segurando na cintura pilotando a nave/
Seu cabelo voava e planava suave/
Saia e salto alto, suada sob a luz quente da boate/
Saímos dali em direção as mesas/
E eu pedi outra cerveja/
Senti que ela não queria ir pra casa sozinha/
Tava na minha, então vamo, beleza/
No carro dela rolou mais uns beijos, abraços/
Daquele jeito encaixe perfeito, bom esses amasso/
Me amarrei nela quando ela desamarrou o laço/
Da blusa, ficou mais a vontade naquele aperto de espaço/
Desci o banco, o vidro fechado o ar ficou escasso/
Vamo nessa não tava numa de ficar de bobeira/
Na rua namorando olhando a lua/
E chegou a ficar nua num tratei a mina com descaso/

Refrão


Chegamo na casa dela, na tranqüilidade/
Bêbado na seqüela mair cheio de coragem/
Mermo assim não esqueci do preservativo/
Quase vacilei já ia abrir com o dente incisivo/
Desço nas suas curvas no estilo preciso/
Tipo quando chego na praia depois de horas dirigindo/
Mergulho no oásis primeira, segunda, terceira fase/
Muita areia pro meu caminhão, faço várias viagens/
Indo e vindo, ela diz que eu sou lindo/
Eu digo você que é linda, ela agradece sorrindo/
Faço uma piada, digo coisas engraçadas/
Ela dá uma risada fala que eu to me exibindo/
Nada refresca esse calor/
Que vai comigo pra onde eu vou/
Água gelada no frigobar, a chuva fria a me molhar/
Nem cerveja e gelo seco no isopor/

Refrão

... . .. ...

Músicas mais acessadas

Fotos (4)