Sobrevivente MoralGangsta Harmônico12 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
cancelar

Seu comentário foi publicado. Visualizar

Iniciando música ~ em
    1 / 71

    Andarilhos Do Gueto (Versão Trap)

    Nildo e Alan

    [Alan]
    Tem que ser louco consciente e quem ter sabedoria pra poder colar comigo
    Direto da Zona Oeste o meu nome é Alan e eu sou mais um andarilho
    Estou bem longe de drogas, inimigos
    Quero colar com meus verdadeiros amigos
    Somos do Rap Nacional do universo marginal escrevo a rima porque é preciso

    Contra o sistema opressor aquele que não tem valor que atrasa o lado dos manos
    E que deixa faltar educação, saúde, vida dura é o que sobra no cotidiano
    Contra todos esses problemas eu vou lutar e vou chamar o vulgo Nildo pra rimar
    Quem é da banca cola e quem não é sai fora, resistir é necessário pode acreditar

    Coração no peito soldado do gueto, com todo respeito resistir sempre é necessário
    E só quem tá na mira do sistema quer entrar no clima e resistir contra o adversário
    Somos do Rap guerreiros aqui da ZO
    O Vulgo R quilombola não está só
    O andarilho da periferia que no dia a dia corre pelo certo e faz o melhor

    Eu vou com os irmãos para a gente cantar o refrão
    Chama o Durap que é sangue bom ele vai gostar de ouvir o som
    E de escravo a rebelde das periferias os moleques aqui não está de brincadeira
    Tá ligado é nóiz na fita Vulgo R vai pra cima os andarilhos do gueto aqui faz zoeira

    Rap é a voz liga nóiz
    Coração valente nunca estamos sós

    [Nildo]
    Aqui é Nildo chegando na batalha mais um guerreiro um andarilho do gueto
    Correndo pelo certo junto com meus manos tendo como foco a busca de todos os meus direitos
    Rap é a voz quem tá com nóiz não arrega não dá trégua pra nenhum inimigo
    É linha de frente fecha com a gente prá que todo obstáculo seja vencido

    A caminhada é difícil, mas quem é persistente seu objetivo sempre alcança
    Bob Marley já disse se liga na ideia a maldade não cessa ela nunca descansa
    Quem é do bonde contra a patifaria não pode desistir tem que persistir
    Tem que prosseguir fazer com que qualquer um inimigo vá de encontro o fim

    Genocídio de todos covardes essa é nossa meta
    Enquanto tiver um deles aqui nessa Terra todos guerreiros verdadeiros estarão em guerra
    Trégua ninguém da banca cogita somente aniquilação total
    Acabar com o mal é nosso ideal aqui na quadrilha todo mundo é letal

    Inimigo opressor causador de rancor não lamento dizer que seus dias estão contados
    A revolta domina por tudo que é lado você vai ter que pagar por todos seus atos
    Misericórdia você não terá, fugir agora não vai adiantar
    Toda revolta estampada no olhar só vai parar se o rancor nos deixar

    Rap é a voz liga nóis
    Coração valente nunca estamos sós

    Músicas mais acessadas

    Álbuns e Singles/EPs  (4)

    Fotos (12)

    Clipes (20)

    Release

    Sobrevivente Moral foi fundado em 1997, a primeira formação foi composta por quatro integrantes Nildo, Rs Jay (African Rap), Giully (Potencial Urbano) e Dj Djalma (Street Gang) por conta de correrias de trampo e família Giully e Dj Djalma desistiram da corre, então o grupo teve dois novos integrantes Beto e Dj Chama (integrante do grupo SL27), porém por divergências nas ideias a correria não virou, dessa forma Rs Jay e Nildo entraram no grupo Cães das Ruas (Organização Xiita), mas eu (Nildo) não me identifiquei com o estilo de som do Cães da Rua e voltei a correr com o grupo Sobrevivente Moral com dois novos integrantes Tchuca e Gi, Gi mudou para o Paraná, após a saída do Gi a formação se deu com Nildo, Gutty, Tchuca e ...

    Continuar lendo>>