O Meu Lugar (2009)

Felipe Magalhães

Sei que agora o corpo pede calma
mas eu tenho pouco tempo e o tempo é fácil de passar
Só eu sei...
Como é duro caminhar
Cada passo nessa estrada é mais um passo pra dizer adeus Outra vez...
Eu que não sei pra onde ir
preciso ter os olhos abertos e seguir
na direção que mais longe me levar.

Quem sabe um sorriso seja capaz de entender
Eu não procuro abrigo, não quero ser mais uma vez
refém de outro vício distante do que eu sou
só quero ter o meu lugar.

Sei que agora eu penso em arriscar
manter os pés no chão enquanto busco algum lugar
pra onde eu possa correr e simplesmente fugir
Deixar de me prender, pra me salvar e encontrar
o meu lugar.

Quem sabe um sorriso seja capaz de entender
Eu não procuro abrigo, não quero ser mais uma vez
refém de outro vício distante do que eu sou
só quero ter o meu lugar.

Músicas mais acessadas

Fotos (34)

Release

Duro, pesado e elegante feito um mármore! Assim podemos definir o som da banda carioca Sinfonia Aleatória, que com influências que vão do rock clássico ao grunge, tem conquistado cada vez mais um público fiel em seus shows.

Formada por Edu van Lammeren (voz), Felipe Magalhães (guitarra e voz), Marcos Erbisti (guitarra), Fernando Campos (baixo) e Roger Webber (bateria), o quinteto apresenta em seu repertório, de forma simples e eficiente, temas como amor, sexo, boemia e o espírito livre de quem encara o rock n´roll como um estilo de vida, sem medo de parecer clichê.

Inicialmente como um quarteto, gravou seu primeiro EP "Deixe o Tempo Mudar" e disponibilizou todas as faixas na internet ao mesmo tempo em que seus integrantes, por diversos motivos, seguiram caminhos diferentes, encerrando assim ...

Continuar lendo>>