Balança sem parar

Paulo Cesar e Luciano

Treme terra treme chão
Balança sem parar
Tudo arrebenta quando nóis vem pra cantar

Treme terra treme chão
Balança sem parar
Que nem boi brabo todo mundo vai pular

Começou o rodeio, aguenta coração
Nossa Senhora, protetora do peão
Não vou ficar sozinho
Eu topo o que vier
Melhor do que rodeio
Só uma dúzia de mulher

Treme terra treme chão
Balança sem parar
Tudo arrebenta quando nóis vem pra cantar

Treme terra treme chão
Balança sem parar
Que nem boi brabo todo mundo vai pular

Uma cerveja é bom
Três, quatro muito mais
Tequila, caipirinha pra todo mundo paz
Até de manhãzinha tem gente no bailão
Ninguém fica parado porque é forte o batidão

Treme terra treme chão
Balança sem parar
Tudo arrebenta quando nóis vem pra cantar

Treme terra treme chão
Balança sem parar
Que nem boi brabo todo mundo vai pular

De noite ou de dia pra mim é tudo igual
Meia hora sem beijo começo a passar mal
Sanfona ta tocando chamando pro bailão
Galera ta dançando batendo a palma da mão

Treme terra treme chão
Balança sem parar
Tudo arrebenta quando nóis vem pra cantar

Treme terra treme chão
Balança sem parar
Que nem boi brabo todo mundo vai pular

Músicas mais acessadas

Fotos (11)

Release

A dupla surgiu em 2006. Paulo Cesar conheceu Luciano nas noites paulistanas. Viram que tinham muito em comum e decidiram lançar o álbum "Sertanejo de Verdade" que abriu as portas para grandes oportunidades.