Selva RichardAmoral1 play
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
cancelar

Seu comentário foi publicado. Visualizar

Iniciando música ~ em
    1 / 1

    Amoral

    Selva Richard

    Se eu tenho medo do futuro
    Eu tenho é medo que ele não venha
    Ainda hoje ouço os ruídos da idade média

    Não me vem com questionários de proles e casamento
    Já rasguei o mapa que o mundo me deu
    Sua zona primata de conforto
    Também não me convenceu

    A olhos nus, meu bem
    Todo mundo é normal
    De olhos fechados
    O bicho pega - Pega Mal

    E toda liberdade será condenada
    Pra confirmar a tese que fora da bolha não há céu
    Quem não cair nessa Cilada vai comprovar
    Que o mundo também é seu

    E essa libido tropical
    Confunde uma mente irracional
    Causando transtorno bipolar
    A órbita é mesmo anormal
    Onde o livre-arbítrio é teatral
    Um protagonista deu sinal
    Não existe santo na terra

    A noite uma hora vem com a liturgia
    Discursos que caem bem na teoria
    A praticidade me convém - Eu tenho vida
    O lobo é mau porque as ovelhas são distraídas

    Músicas mais acessadas

    Álbuns e Singles/EPs  (1)

    Fotos (1)

    Release

    Selva Richard nasceu no Rio de Janeiro, em 1988. Seu EP de estréia, é composto por 4 faixas autorais, trazendo como influências musicais os gêneros Blues e MPB, com letras que falam sobre os paradigmas sociais e o comportamento humano diante das relações interpessoais e afetivas. Atraído por artes em geral, ainda novo começa a desenvolver no teatro sua presença artística, passando também pela fotografia, sendo autodidata. Além de sua múltipla forma de expressar-se artisticamente, assina como produtor e diretor de arte o seu primeiro disco.