Os Loucos Vão Para O Céu

Sander Ventura

Os Loucos Vão Para O Céu

Meu amor, acho que estou ficando louco
Não é excesso de cigarro nem o vício a que me agarro, é o mundo.
Meu amor, me perdoe pelo menos um pouco
Hoje eu me perdi na cidade em que nasci, é o mundo.

Os loucos vão para o céu
Os loucos vão para o céu
Por mais vazia que seja a poesia
Se completa o papel. (BIS)

Quanta cor,
Sai do preto e branco da dor
Vermelho e sangue e coração
Quando a ultima intenção for a primeira.

Os loucos vão para o céu
Os loucos vão para o céu
Por mais vazia que seja a poesia
Se completa o papel. (BIS)

Se eu não me perdôo
Quem vai poder me perdoar
Se cada um por si no fim
Não quero mais viver só por amar.

[Como poderão escolher, entre o bem e o mal, aqueles que não tem consciência].

Os loucos vão para o céu
Os loucos vão para o céu
Por mais vazia que seja a poesia
Se completa o papel. (BIS)

Músicas mais acessadas

Fotos (6)

Release

Trato a poesia e a música da seguinte forma: a Poesia é minha fiel esposa, quem cuida dos filhos dos meus pensamentos, a quem amo, e por mim tem amor de caráter perpétuo, a Poesia me espera todas as noites no portão das minhas palavras! A música…Ah! Ah Música…A Música é minha amante, ardente, sensual, imprevisível, a Música é quem me faz não ver as madrugadas passarem, quem me fez chegar tarde da noite em casa. É a Música como uma paixão, recebe flores, e velas. Eu não faço amor com a música, eu "como ela".
Na verdade, não tenho um release para contar vantagem, pois estou começando agora o que eu espero que seja uma longa e proeminente carreira musical, que Deus nos ajude! Nunca cantei profissionalmente, na verdade ...

Continuar lendo>>