Romero FerroPra Te Conquistar4.345 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 15

Contrate

Hoje

Romero Ferro

Se permita ser
Qualquer coisa menos superficial
Qualquer coisa que elevem os teus sonhos
Mas fujam do mundo imoral

Deixa eu te dizer
Que o amor é fogo que arde forte para dois
Que muda tudo, finda o peito
E só depois
Te enche de pleno prazer

A gente sofre a dor da sorte
E se parte para vencer
É pura morte, desventura
Viver de vaidade para quê?

Hoje a gente vê
Que o dia é duro para chegar até o final
Que cada um possui uma dose de demônios
E a luta é um feito fatal

Fácil perceber
Que o padrão virou doença secular
Moldar o corpo se tornou tão instintivo
E a mente parou de malhar

A gente sofre a dor da sorte
E se parte para vencer
É pura morte, desventura
Viver de vaidade para quê?

Tudo tem um jeito
Tudo tem um preço
O apreço é o preço da hora
É tudo questão de ser

Somos o que somos
Somos quem seremos
Somos o aqui, o agora
Somos iguais ao morrer

A gente sofre a dor da sorte
E se parte para vencer
É pura morte, desventura
Viver de vaidade para quê?

A gente sofre a dor da sorte
E se parte para vencer
É pura morte, desventura
Viver de vaidade para quê?

Músicas mais acessadas

Agenda de shows

Fotos (17)

Clipes (15)

Release

Com forte acento sonoro de um pop bem elaborado, Romero Ferro, um dos novíssimos nomes da música pernambucana, se destaca pela voz marcante e por composições autorais que retratam, de maneira particular, o cotidiano da humanidade.