ResidUm Final Infeliz529 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
cancelar

Seu comentário foi publicado. Visualizar

Iniciando música ~ em
    1 / 2

    Contrate

    (49) 3322-4285

    Um Final Infeliz

    Marlo

    De que adianta sofrer
    Sabendo que um dia você vai morrer
    A vida é uma aventura
    Que ninguém poderá sobreviver.
    Já cansei de dizer que eu amo você (e que nunca vou te esquecer)
    Não sei se a vida é real (se a vida é real)
    Ou um sonho que vai acabar mal. (que vai acabar mal)

    A vida é curta temos que aproveitar
    Vários anos se passaram vários anos vão passar
    Não adianta querer só pensar no futuro
    Quem sabe você nem vai estar lá pra presenciar.

    Mas o tempo passou tudo mudou
    Você foi embora e me deixou
    E eu daria tudo pra ter você aqui
    Vem pra me fazer sorrir

    Não sei mais o que falar
    Não sei mais como agir
    Tudo que eu queria
    É estar perto de ti
    Lembranças ficaram
    Momentos que marcaram
    De tempos que passaram
    E que não vão voltar

    A vida é curta temos que aproveitar
    Vários anos se passaram vários anos vão passar
    Não adianta querer só pensar no futuro
    Quem sabe você nem vai estar lá pra presenciar.

    Não quero mais lembrar dos erros que eu cometi (que eu cometi)
    Não quero nem saber se ainda me ama (mas saiba que eu ainda amo você)
    Quando eu morrer não quero ver ninguém chorar (ver ninguém chorar)
    Você sabe que eu sempre quis ver você sorrir

    A vida é curta temos que aproveitar
    Vários anos se passaram vários anos vão passar
    Não adianta querer só pensar no futuro
    quem sabe você nem vai estar lá pra presenciar. (2x)

    Músicas mais acessadas

    Fotos (1)

    Release

    Banda Resid iniciou sua trajetória em outubro de 2006, quando Mateus e Paulo decidiram montar uma banda. Então chamaram Seko, um grande amigo, para tocar guitarra e Henrique Salgado para a bateria. Mesmo assim, percebendo que faltava o peso de uma guitarra, chamaram Pomps, que já havia tocado com Paulo. Formada a banda, mas ainda faltava o nome.
    Um dia sentados em frente a um edifício chamado ?Resid. Francielli?. Ali estava o nome.
    Após algumas formações mal sucedidas, a banda resolveu dar um tempo, e voltou em março de 2007, com Mateus no vocal, Paulo no Baixo, f0x (ex not down) na guitarra solo, Joaum na guitarra base e Galdino (ex Reticentes) na bateria.
    Ao ver que seus objetivos vinham sendo atingidos com sucesso, a banda decide gravar uma demo ...

    Continuar lendo>>