Contrate

Vaneira beiçuda

Raone

Quando eu abro essa cordeona, num fandango de galpão
Nessa vaneira chorona, faço entupi o salão
Já se forma o entrevero, só não dança quem não qué
Parece até um fomiguero, quando se dá um pontapé

E a cordeona goeluda, continua nesse tranco
Nessa vaneira beiçuda, de saltá xiru do banco

Esses meus dedos ponteiam, e fazem berrá botão
Eu vou metendo floreio, entre a poeira e o clarão
De vez em quando uma dona, me alcança um bilhetinho
É um pedido de uma marca, que eu atendo com carinho

E assim eu vô metendo, uma de atraz da outra
To falando é das vaneira, dessas bem crua da boca
E o povo vai deslizando, igual sabugo em corredeira
Quem dança pouco no meio, e os dançador só pelas beira

Ouço uma velha falando, menina não te apaixona
Por que este gaiteiro taita, é amaziado com a cordeona
Mas eu faço que não vejo, e continuo enticando
Pisco o olho e atiro beijo, pra aquelas que tão me olhando

E assim clareia o dia, e o surungo se findando
Eu de olho nas guria, e os pais delas me cuidando
Chega até saltá faísca, dos zóinho me piscando
E na hora da despedida, chegam até saí chorando

Músicas mais acessadas

Fotos (2)

Release

Este é Fabian Raone Wildner, nascido na cidade de Jóia, região das Missões descendente de familia de músicos, começou a cantar em festivais de interpretação com 4 anos de idade, a 1ª aula de gaita foi com 7 anos e com 8 anos começou a se apresentar em municípios vizinhos. Com a ajuda de alguns amigos e também incentivado por colegas musicos, aos 10 anos de idade, gravou seu 1º CD, intitulado "Botoneira", no SLG Estudio de São Luiz Gonzaga, lançando este trabalho oficalmente em grande evento no ginásio de esportes do municipio de Jóia, dia em que completou seus 11 anos de idade.
Com 12 anos, gravou seu 2º CD, intitulado "De coração missioneiro", que foi produzido por Oscar Soares(Oscarzinho), no estudio Oscar gravações em Alvorada RS; aos ...

Continuar lendo>>