Casa de Bamba

Geison

Casa de bamba

Espera o samba
Na porta do terreiro
Onde é casa de bamba
Tem sempre um partideiro

Que canta alegremente
O samba é envolvente
Pois essa é a semente
Quem sabe faz a frente

Pandeiro e cavaquinho
Começa de mansinho
Tantan chega mais perto
Ganzá fica esperto

Com toda atenção
Dedilha esse violão
Completa com a marcação
Cuíca e repique de mão

Capoeira, forró, samba e axé
Raça júnior é energia
É luz que contagia participa quem quizer
Além do momnto então
É mexer com a empolgação
E mostrar samba no pé

E a galera, bate palma e sai do chão
Agora vamos deixar um recado
Prá ninguém ficar parado
Sente o som da percussão

Mexe mexe menina
Que mais eu me enrosco em você
Seu corpo suado me ensina
A mão descola de você

Músicas mais acessadas

Fotos (4)

Release

Release

Em 1992, uma turminha de amigos, moradores do bairro Senai em Santa Cruz do Sul, interior do Rio Grande do Sul, resolveram se reunir para formar uma banda. Com instrumentos musicais caseiros, ensaiavam nas garagens de suas casas, formando uma rodinha de pagode bem animada.
Até que os pais e alguns amigos, com mais idade que aquela turminha de garotos que tinham entre 10 a 13 anos, viram que a dedicação dos meninos era tanta, que resolveram incentivar e auxiliar na parte de contatos com organizadores de eventos para futuros contratos.


Raça Júnior deu início a uma agenda repleta de shows pelo Rio Grande do Sul a fora como Santa Maria, Cachoeira do Sul, São Sepé, São Gabriel, Novo Hamburgo, Butiá, Santo Ângelo, Carazinho, Cruz Alta, Montenegro, Bagé e ...

Continuar lendo>>