RivieraA Seco35.515 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 16

Nunca Mais

Vinícius Coimbra

Há muito tempo eu aprendi
A não imaginar o ontem
Disfarcei lembranças até o fim
Mas eu não quero mais
Que contem

E teus olhos que eu carrego em mim
Se fazem por você
Distante ate demais
Otimista por quem faz
E assim fez, da sua arma
Meu ingênuo perdão

E sempre que ouvia sua voz
Eu corria pra ficar
Contigo em paz
Me orgulhava de você
E perguntava-no por que, sozinho está?

E assim o encanto
Se desfez

Há muito tempo eu aprendi
Que, de mentiras, não se faz um homem
Meu castelo, eu não vou construir
Com areia se desfaz e some

E por mais que eu possa imaginar
Eu não vou assumir
Distante até o fim
Pois acredito que nem vale a pena
Desgosto, sentir

E num instante ouvi sua voz
Me pedindo pra ficar
Contigo em paz
Mas já não quero mais saber
O meu mundo sem você, já tanto faz
E se eu amenizo a dor é muito mais por mim
E muito dói ter que lhe dizer
Que eu não acredito mais em você
Mas, tudo bem
Você não vai mais me ouvir

Você não vai ouvir minha voz
Você não vai ouvir minha voz

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (7)

Fotos (25)

Clipes (16)

Release

A Riviera:

Em meados de 2012, no quarto de seu apartamento em Brasília, o mineiro Vinícius Coimbra tinha saudade de casa. Unindo esse sentimento com a vontade de desabafar em forma de música, ele começou a pensar numa maneira de produzir, gravar e registrar as composições que ainda estavam cruas e só no violão. Foi assim que nasceu a Riviera, projeto que chega em 2018 atingindo a maturidade com o lançamento de seu segundo disco.

Uma das marcas da banda, a crueza das histórias narradas nos versos das canções já aparecia nos primeiros registros. O vocalista Vinícius Coimbra gravou o EP “Outono” como início da Riviera, ainda sem os integrantes que viriam a se juntar ao projeto ...

Continuar lendo>>