Preto R.PO Brasil Chora4 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 2

    O Brasil Chora

    Preto R.P

    Essa é minha sina assassina mentes coerentes
    É tipo loucos confundindo os sábios se que me entende
    E na quebrada sigo sempre abrindo mentes
    Infelizmente o governo só fode com a gente

    Inevitavelmente essa é a arte de governa
    Ela não é podre eles que não soube como usar
    E no palácio da alvorada vejo nada direito
    Só vejo desordem e regresso aqui pro gueto

    O meu pai me manda sim uma salvação
    Só não manda seu filho si não vai acabar num caixão
    Se Jesus Cristo resolver voltar
    Eles não vão crucificar e sim vão queimar

    Pode pah opressão e desacerto
    Corrupção está no DNA de todos os brasileiros
    O pátria amada idolatrada
    Nada apaga Ó senhora mãe hostil

    O Brasil chora e pede por socorro
    A crise não tem dor quem sofre é mais o povo
    A má administração e nois paga em dobro
    O nois de novo fazendo papel de bobo

    Somos protagonistas de um filme eterno
    De um filme triste sem um roteiro ao certo
    Figurantes não atores principais infelizmente
    Apenas atores distorcidos das lentes

    Dona Maria fica tranquila exército ta pra proteger
    É estranho só agora aparecer
    Trazer a paz e acabar com o tráfico em geral
    Ou será só proteção pros eventos internacional

    Senhor perdoe eles, eles não sabem o que fazem
    Vampiros só consomem sangue não refretem sua face
    Na frente de um espelho não conseguem enxergar
    Corre da luz nas trevas vai ficar

    É normal eles não gostam de pobre preto
    Se adaptam melhor ao preconceito
    Reprime nois privando dos nossos direitos
    Fazer o que se aparentamos o suspeito

    O Brasil chora e pede por socorro
    A crise não tem dor quem sofre é mais o povo
    A má administração e nois paga em dobro
    O nois de novo fazendo papel de bobo

    Que porra de direita e esquerda
    A mão que te rouba vem da mesma cabeça
    Sistema podre que ilude meus parças
    Não tem oposição e sim manipulação em massa

    To no topo do topo do fundo do poço
    Emergir de novo pra virar a porra desse jogo
    Um passo em falso e caio pra lá de novo
    Estamos no mesmo patamar entre a vida e a faca no pescoço

    E na quebrada várias mentes fechadas
    Pego minha Sniper e abro a cabeça desses caras
    Sniper sangrenta que te enlouquece
    Te atormenta quando escuta kick e o clap

    Pessoas sentadas enfrente a televisão
    Aprisionada em condição de escravidão
    Parábola da caverna descrita por Platão
    Será realidade ou apenas ilusão

    O Brasil chora e pede por socorro
    A crise não tem dor quem sofre é mais o povo
    A má administração e nois paga em dobro
    O nois de novo fazendo papel de bobo

    Músicas mais acessadas

    Fotos (3)

    Clipes (2)