PETXCaminhando no inferno4.903 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 2

    Caminhando no inferno

    PETX

    Já não me sinto mais sozinho, como um homem na estrada
    Como um anjo no inferno caminhando sem ter asas
    Como um soldado na guerra sem colete sem ter armas
    Sem trincheira, sem coragem, sem granadas, sem ter nada

    Eu vi a fome ,vim de onde o almoço é pão com salame
    De onde os havaianas sobrevivem com arame
    Onde o crime faz dinheiro e promove uma falsa esperança
    Somos reféns da vingança, matando pela ganância

    Chora sangue o jornal, nas notícias só click, clack
    Interromperam a esperança e o sonho de outro muleque
    Eu também queria um Rolls Royce e uma mansão lá em Miami
    Mas as ruas aqui ainda são de terra
    Escorrem sangue e não champanhe

    Acreditar no sonho é fácil difícil é vive-lo
    Apontar o erro é fácil ,o difícil é assumir o erro
    Vou continuar na escada enquanto estiver de pé
    Pra dividir a esperança pros que já perderam a fé

    Tentaram vetar meus sonhos
    Tentaram cortar minhas asas
    Quiseram quebrar minhas pernas
    Tentaram apagar minhas brasas
    Quando eu sofri e chorei aonde que eles estavam
    (Só Deus enxugou minhas lágrimas)

    Era dos drones, dos clones, inundações, ciclones
    Dez mil que prosperam, enquanto milhões morrem de fome
    Difícil é ver um desconhecido e pensar em amar
    Quando se nasce oprimido, programado pra odiar

    Sei que é difícil o início de buscar a santidade
    Quando a descrença e a mentira são sua realidade
    De onde eu vim quantos dizem ser esquecidos por Deus
    Deus não esquece ninguém, é você que se esquece de Deus

    Se engrandece na prece, não agradece só pede
    O egocentrista lembra a fonte só na hora da sede
    Quantos desertos eu passei, quase morri pra entender
    Que a vitória já es tá escrita e não precisa ver pra crer

    Tem que sentir buscar
    Que buscar sentir cada degrau passo por passo
    Mesmo cercado por problemas, a minha parte eu sei que faço
    Que eu diminua a cada dia e somente ele cresça

    Pois já me sinto satisfeito com a vida sem que eu mereça

    Tentaram vetar meus sonhos
    Tentaram cortar minhas asas
    Quiseram quebrar minhas pernas
    Tentaram apagar minhas brasas
    Quando eu sofri e chorei aonde que eles estavam
    (Só Deus enxugou minhas lágrimas)

    Vou caminhando no inferno seguindo sentido ao céu
    Um milhão quer ser o juiz, mas ninguém quer ser o réu
    Manipulam o indicador, pobres reféns do próprio medo
    O ser humano só perdoa o seu reflexo no espelho

    A mágoa aumenta e o egoísmo dilacera o corpo
    Crucificando a razão onde o coração já é morto
    A loucura do seu ego desperta minha lucidez
    Os que só apontam falhas ão de encontrar sua vez

    Não sou eu que dita as leis, o destino escreve a sua rota
    Pendência no livro da vida, e a cobrança bate a sua porta
    A vida ensina a não ter falhas te dando tapas na cara
    Destrava a matraca engatilha sem medo e dispara

    Não pará, no corredor da morte esperando a sorte
    Só depende de Jesus o milagre então seja forte
    Não desista, insista, persista, reflita, reflita
    Não desista, insista, persista, reflita, reflita

    Tentaram vetar meus sonhos
    Tentaram cortar minhas asas
    Quiseram quebrar minhas pernas
    Tentaram apagar minhas brasas
    Quando eu sofri e chorei aonde que eles estavam
    (Só Deus enxugou minhas lágrimas)

    Músicas mais acessadas

    Álbuns e Singles/EPs  (1)

    Fotos (4)

    Clipes (1)

    Release

    Rapper mineiro na cena desde 2004 onde deu inicio a sua jornada nas batalhas de rimas,atualmente residente na cidade do Rio De Janeiro onde produz seu primeiro disco independente,onde se destacam as rimas expressivas e contundentes, abordando sempre temas socias e da atualidade acompanhadas de produções de peso da cena local nacional e internacional,ainda sem data prevista de lançamento.