PélicoAmanhã de Manhã239.310 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 6

Contrate

(11) 9628-3241

O Último Dia de um Homem sem Juízo

Pélico

Quero ser forte o bastante
Entender o que que há
Olha só que desperdício
Tanto castigo pr'um homem sem juízo

Vez em quando penso nisso
Vou me mandar desse lugar
Onde tudo é bem-vindo
Comer um pastel é mera coincidência

E o meu cagaço de cantar
E ninguém reagir
Se reagem, revido, tropeço, escorrego, reclamo
Começo de novo
Logo...

Que despenque um verso fácil
Sem querer... me redimir

Era só o que me faltava
Toda sorte se esconder
Se não fosse um domingo
Poderia acreditar numa implacável vingança

Ainda resta uma esperança
Deu no rádio pela manhã
Que todo homem sem juízo
Seria perdoado na próxima semana

E o meu cagaço de cantar
E ninguém reagir
Se reagem, revido, tropeço, escorrego, reclamo
Começo de novo

Músicas mais acessadas

Fotos (1)

Release

Pélico pensa que compõe, canta e toca guitarra. Já lançou 2 CDs, mas a crítica ainda não se expressou sobre seu trabalho. Nesse momento finaliza seu terceiro CD onde é acompanhado pelo baterista Loco Sosa (Los Pirata, Banzé, Curumim, Arnaldo Antunes, Gork) e pelo baixista Jésus Sanchez (Los Pirata, Gork). Sua música não é revolucionária, nem mistura grandes influências. Não é filho de ninguém e não iniciou nenhum estudo musical com alguém especial. Pélico não foi um menino-prodígio, nunca pertenceu a nenhuma banda e não desenvolveu trabalho em parceria com ninguém reconhecido. Suas músicas nunca foram gravadas por ninguém "mais ou menos famoso", nem ganharam nenhum festival. Ainda não fez turnés internacionais, nem regionais. Em resumo, Pélico está pronto para o estrelato.