Ainda Sou Eu (Ao Vivo)

Filipe Labret, Bruno Sotero

Não vou falar,
Não vou dizer,
Nem confessar que eu te amo.
Meu medo é que o sentimento seja apenas um engano.
Não vou deixar que o destino,
Estrague todos os meus planos.
Me atormentando e despertando,
Pensamentos tão insanos....

Baby...
Diz que não,
Que não me esqueceu.
Que ainda sou eu...
O seu grande amor...
Diz pra mim,
Que não é o fim.
Se nem começou...

Não vou falar,
Não vou dizer,
Nem confessar que eu te amo.
Meu medo é que o sentimento seja apenas um engano.
Não vou deixar que o destino,
Estrague todos os meus planos.
Me atormentando e despertando,
Pensamentos tão insanos...

Baby...
Diz que não,
Que não me esqueceu.
Que ainda sou eu...
O seu grande amor...
Diz pra mim,
Que não é o fim.
Se nem começou...

Se for mentira
Fala tudo, desabafa diz agora.
E pensa em tudo, todo tempo que agente jogou fora.
Melhor deixar que o tempo cure totalmente essa ferida
E hoje procurar um verdadeiro amor pra minha vida.

Baby...
Diz pra mim,
Por que tem que ser assim...
Pra que sofrer...
Vou te falar ...
Que eu quero te amar...
Me apaixonar...
Só mais uma vez...

Músicas mais acessadas

Fotos (17)

Release

Amigos desde a infância, Paulo Vitor e Filipe trilharam caminhos diferentes até que se encontraram nos corredores da faculdade de direito da Universidade Luterana do Brasil ? Ulbra, em Palmas. Paulo Vitor tocando violão por hobby e Filipe certo de que queria ser cantor. Os laços de amizade se firmaram novamente e paixão pela música cresceu nos dois jovens, fazendo nascer a dupla Paulo Vitor e Filipe.

Com dois anos de carreira, já se apresentaram na Bahia, no Pará, no Maranhão, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro, em Goiás e é claro no Tocantins. No repertório músicas autorais como ?Ainda sou eu?, ?Pode ir? e ?Nossas memórias?, além de sucesso de artistas consagrados.

Em parceria com um dos maiores produtores musicais do Brasil, o maestro Pinocchio, que assinou produções de ...

Continuar lendo>>