Paulo CostaELETRONICAMENTEFEITOAMÃO4.602 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 7

contrate

integrantes

  • Paulo Costa Violão
  • Junior Drums Bateria
  • Sérgio Canhoto Baixo
  • Marcel Torres Guitarra
  • Marquinhos Pisk Saxofone

release

Paulo Costa traz em seu trabalho uma característica inerente a terra onde nasceu: a diversidade. Baiano de Feira de Santana, este cantor, compositor e instrumentista imprime nas suas canções raízes culturais bem marcadas como a cultura sertaneja, a cultura negra e portuguesa, e com elas faz um caldo delicioso aos ouvidos.
Formado em Música pelo Centro Universitário de Cultura e Arte e tendo vivido muito tempo em São Paulo, Paulo Costa sempre manteve essas influências bem visíveis em sua música, que ganha a modernidade nas letras e a diversidade rítmica nas harmonias. Bebendo de fontes nordestinas generosas como Gilberto Gil, Caetano Veloso, Luiz Gonzaga, Lenine, Djavan, o cantor faz aquilo que chamamos de complexa e variada Música Popular Brasileira.
Autor de dois CDs – Varal (2001) e Eletronicamentefeitoamão (2011) – Paulo Costa é conhecido do público ávido por descobrir nomes potenciais da música baiana que ficam escondidos sob a pecha de “música alternativa”- e que não precisa da mídia oficial para tal. Mas sim, Paulo Costa, e outros cada vez mais expressivos artistas, surgem como uma alternativa mesmo para quem não aceita de bom grado a música baiana “produto de exportação” que lhe impõem. E querem apurar os ouvidos em busca de música boa.
É nesse sentido que passeia com maestria pelo baião, pelo samba de roda, pela cantoria, pelo samba clássico, pela bossa, xote, ainda dosando tudo com pitadas de música eletrônica e baladas melódicas. E só ele consegue fazer isso sem perder a identidade. Por participar de todo o processo de produção de suas obras – ele compõe, canta, toca, grava, produz, distribui, no ritmo inesgotável da sobrevivência do mercado independente – é fácil reconhecer o trabalho de Paulo Costa quando se ouve. Seu ecletismo e variedade rítmica trazem uma unidade forte e revelam uma maturidade adquirida nas quase duas décadas de estrada.
Com tudo muito bem arranjado, de modo a desvelar a delicadeza e o virtuosismo do intérprete, a música de Paulo Costa pede para ser conhecida do grande público. Ela é a forma mais bonita, direta e sensível de saber o que é que a Bahia tem. De verdade.

relacionado / favoritos

influências

Para adiquirir o CD me mande um email.