Orlando VasquesVestida de Iansã9.222 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 6

    Vestida de Iansã

    Orlando Vasques

    Toda vestida de Iansã
    essa cunhã veio cessar
    o temporal de minha vida.
    Ouço atabaques de Xangô
    fazendo o seu corpo girar
    e ela é tão linda.

    Ian, Ian, Ian...
    Ian, Ian, Ian...
    Iansã.
    Ian, Ian, Ian...
    Ian, Ian, Ian, Ian...
    Iansã

    E se ela for filha de Oxum,
    ou mesmo filha de Iemanjá,
    Filha de Umbanda é protegida.
    E eu como filho de Xangô
    cantei o ponto pro orixá,
    só pra tê-la ainda.

    Ian, Ian, Ian...
    Ian, Ian, Ian...
    Iansã.
    Ian, Ian, Ian...
    Ian, Ian, Ian, Ian...
    Iansã.

    Bonequinha do cabelo feito de lã.
    Controla raios e minha mente, Iansã.
    Bonequinha do cabelo feito de lã.
    Controla raios, meu coração, Iansã

    Músicas mais acessadas

    Fotos (3)

    Release

    Desde muito novo já andava com violóes e guitarras de brinquedo nas mãos.
    Aos dez anos, arriscava os primeiros poemas.
    Aos 12 os primeiros acordes de violão.
    Aos quinze as primeiras músicas, os primeiros festivais.
    Diversas influências dos mineiros ao jazz, do samba ao rock, da música latina a música árabe.
    Tudo vira canção.
    Já fiz parte de diversas bandas como Sangue Novo, Gesto e Lua Nua.
    Agora volto à estrada para divulgar meus trabalhos mais recentes.
    Tem muita coisa ainda pela frente.