O MANDRUVÁAtitude107 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 13

Atitude

Marcelo Lima / O Mandruvá

I que maravilha, conseguiu o primeiro trampo, o que
Ganhava não era tanto,
Não tinha muita saída como ia escolher?
Tinha um chefe, dava ordem que só via e ele bobo
Obedecia,
Não tinha autonomia, era explorado pra valer,
Não se ligava, o companheiro caguetava, seu cargo já
Não bastava,
O pelego não aliviava querendo se promover.
Mas que otário teve o primeiro corte, e relegado à sua
Sorte,
Seu trampo acabou num bote, enchando a cara outra
Vez.

I tá vacilando irmão, massagear o ego alheio,
Ficar fazendo média, e depois virar comédia.
Porquê temência irmão, a insegurança incita medo,
Errando é que se aprende, mas tem que bater de
Frente.


Mais uma vez, conseguiu o segundo trampo, o que
Ganhava não era tanto,
Não tinha muita saída como ia escolher?
Teve outro chefe, dava ordem que só via e ele esperto
Se omitia,
Já tinha autonomia, era explorado pra valer,
Num belo dia percebeu que não devia que havia a
Mais-valia,
A parte que lhe cabia e que nunca iria ter.
Ele acordou, descobriu a realidade, que não importa a
Idade,
Atitude é necessário pra fazer e acontecer

Que bom que o tempo irmão, fez despertar o grande
Guerreiro,
Pois nem tudo na vida é sorte, tem que mandar a idéia
Forte.
Erga a cabeça irmão, olhe no olho com firmeza,
Tem que bater no ?tête-à-tête?, respeito é bom e
Conserva os dente.

Ele acordou, descobriu a realidade, e não importa a
Idade,
Atitude é necessário pra fazer e acontecer
Se liga mano, não seja como ele era, faça o corre seja
Fera
Represente o seu instindo verdadeiro pra valer

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (2)

Fotos (2)

Release

Formada em 2003 na cidade de Caieiras (Grande São Paulo) com o intuito de fazer um trabalho a partir de elementos do rock, funk/soul, rap, reggae, hardcore e principalmente da vasta cultura brasileira…
O MANDRUVÁ* já se apresentou em diversas casas noturnas, universidades, festivais e espaços públicos culturais da capital e interior do estado de São Paulo, tendo a oportunidade de abrir shows para cantores e bandas como João Terra, Zé Geraldo, Arnaldo Antunes, Inocentes, Golpe de Estado, Dead Fish, Raimundos, Vanguart, Velhas Virgens.
A banda mostra em seu CD “Demonstrando: ser diferente é a apenas mais uma forma de ser!”, com cinco faixas autorais e uma releitura de Caetano Veloso (Alegria, Alegria), um repertório de temas sócio-culturais que não se prende em clichês, sem deixar de lado a ...

Continuar lendo>>