Contrate

nicanor bessa da silva

(62) 9110-3146 | (62) 8533-5334

Menores de Rua MIX

NICANOR BESSA DA SILVA

Sentados nas calçadas ou deitados no chão
Muitos menores de rua sofrem a descriminação
Tendo de sobreviver no meio da malandragem
Porque a violência predomina na cidade
E a sociedade sem ter o que dizer
Dizem que vam ajudar que vam dar o que comer
Isso tudo é mentira isso tudo eu falo agora
se quisesse ajudar colocavam nas escolas
Ensinavam a escrever davam boa educação
Para poder sair desta vida de ladrão
Muito pelo contrario eles fazem é bater
Jogando na febem e deixando apodrecer
Dizem que fazem justiça para a população
Que não existem menores roubando no calçadão
Mas a realidade das ruas é muito diferente
Matar pra não morrer aqui é muito freqüente

eu nasci no guetho tremendo tentando continuar vivo
Pois quando se nasce no guetho ninguém te da ouvidos
Nós somos soldados e nunca perdemos a calma
Mesmo com o peso do mundo sobre nossas almas

Vagando pelas ruas becos e praças
Vendo seus menores se afundando na desgraça
Sendo descriminados e marcados pelos homens
Tendo de roubar para saciar a sua fome
Enquanto os playboys se divertem nos shopings
Vários garotos de rua são pegos pelo choque
Jogados nos dps torturam e mais
Enquadrados rotulados como simples marginais
E os grupos e extermínios ai andam livremente
Matando nossos menores matando nossa gente
E por isso meu amigo pense bem no que fazer
Hoje são os menores amanhã vai ser você

Vivendo no submundo de tanto sofrimento
Tendo de se drogar para sair deste tormento
Sendo discriminados por toda sociedade
Tendo de conviver com a falta da verdade
Veja então meu amigo que ironia que é a vida
Menores se drogando sem ter nenhuma saída

Eu nasci no guetho tremendo tentando continuar vivo
Pois quando se nasce no guetho ninguém te da ouvidos
Nós somos soldados e nunca perdemos a calma
Mesmo com o peso do mundo sobre nossas almas


Me relembro a candelária pelo amor de deus
Já faz muito tempo será que se esqueceu
Infelizmente o brasil ainda é assim
Impunidade e preconceito nunca vam ter fim
não ser que esperamos um milagre dos céus
Que os ensinem a viver com o amargo do fel
E para de dizer que a culpa não é sua
Culpa você já tem são os menores de rua
Graças ao nosso preconceito eles estão assim
Se drogando se vendendo bem pertinho daqui
É só sair ate o centro e dar uma olhada
Menores de rua sentados nas calçadas
Pedindo esmolas para sobreviver
Para que a noite tenha o que comer
E se tivessem uma casa para morar
Com certeza não estariam neste lugar
Sendo alvos de políticos e promessas eles fazem
Mas com certeza soluções nunca trazem
Temos culpa sim por eleger este governo
Só porque disseram que ia ser modelo
Mas a realidade das ruas sabemos esta nua e crua
Devemos ajudar nossos irmãos de rua

Eu nasci no guetho tremendo tentando continuar vivo
Pois quando se nasce no guetho ninguém te da ouvidos
Nós somos soldados e nunca perdemos a calma
Mesmo com o peso do mundo sobre nossas almas

Músicas mais acessadas

Fotos (24)

Clipes (1)

Release


O JOGO visa criar um estilo diferente e bastante ecletico no HIP HOP nacional, buscando atingir todas as camadas sociais para temas concretos, reais ou ficticios,
não tendo somente aquela velha história de bater no sistema, mas, criando um estilo dançante, engraçado, critico, romantico, sem preder o charme do gangster é claro!
espero que todos Gostem do gangster goiano, atenciosamente, CAMUNDONGO_O JOGO.