Sentimento Pesado

Rottweiler e J-Alves

Sentimento pesado nunca quis admitir
Só queria que ela saísse dali
Não queria ela sendo tocada
Não queria ela sendo xingada
Nem que soubesse o que me fez sentir

Éramos fortes na madrugada
Trocávamos tragos e risadas
Era sempre passageiro
O papo nunca foi inteiro
Sempre uma buzina pra trazer o seu dinheiro
Eu era só um amigo solitário
Ela não sabia mas eu era apaixonado
Ela tinha uma filha e ficava só
Enquanto garantia o aluguel e o leite em pó
Limpei suas lágrimas de sangue
Duvidava em Deus te dar uma chance
Apesar do seu olhar sem esperança
Apesar dos seus abraços com confiança
Existia uma distância entre nós
Um grito no silêncio da sua voz
Um perfume sem dono uma criança sem sono
Falta de coragem pra dizer eu te amo

Estar com ela me fazia bem
Só queria liberdade pra ela também
Eu não matei ninguém

Sentimento pesado nunca quis admitir
Só queria que ela saísse dali
Não queria ela sendo tocada
Não queria ela sendo xingada
Nem que soubesse o que me fez sentir

Nunca fui e não quis ser o seu cliente
Mas já paguei alguns trocados pelo tempo da gente
Era cinema bar eu ela e sua filha
Odiava quando ela era reconhecida
Seu mundo e o meu completamente covarde
Não gostava dela vestida com aquele traje
Bem atrás daquela roupa de puta
Existia uma guerreira e uma história de luta
Era nojento não queria mais meus os pensamentos
Machista egoísta meu próprio veneno
Meu carma que nada minha profecia
Sentia que era um final de uma vida
De duas ou três o quê dizia essa voz
Loucura indecifrável foi o mal entre nós
Vida eterna facilitei uma fuga
Me perdoa amor me desculpa

Estar com ela me fazia bem
Só queria liberdade pra ela também
Eu não matei ninguém

Sentimento pesado nunca quis admitir
Só queria que ela saísse dali
Não queria ela sendo tocada
Não queria ela sendo xingada
Nem que soubesse o que me fez sentir

Agora viva pela eternidade
Ela voa ela voa nos meus sonhos
Agora viva sua liberdade
Ela voa ela voa feito um anjo

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (6)

Fotos (33)

Clipes (10)

Release

ROTTWEILER é Amauri de Souza Martins, 36 anos, nascido na calorosa cidade maravilhosa: Rio de Janeiro. Cria do subúrbio, viveu toda sua infância no bairro de Ramos e desde criança sempre foi notória sua veia artística. Ao longo do tempo, vivenciou vários festivais de hiphop, bailes charme do famoso Viaduto de Madureira, participações especiais em filmes longa e clipes.

Compositor, rapper e envolvido com danças urbanas desde os seus treze anos, Amauri teve como trabalho duradouro a caminhada de 10 anos como vocalista da banda Via Perimetral. Após este ciclo, o artista amadureceu a carreira solo e vem galgando a cada dia a sua nova trajetória com a mesma pegada, seriedade e domínio de um ROTTWEILER.

Com seu amplo domínio de palco, atrai vasto público em seus shows, onde podem ...

Continuar lendo>>