CÁLICE DO NÉCTAR DA ILUSÃO

MMSORGE

Vem o vento e agitam os girassóis aos homens de respeito,
Feito pássaro que voa lento sem julgamento,
Pássaro que voa ao norte do firmamento,
E finca um cantar Profético sobre todos nós.

E eu aqui sentado, ao lado do cálice do néctar da ilusão,
Que serve de apaziguador da alma, um tanto que eqüidistante,
Um silenciador das mentes, mesmo que mais distantes,
Nivelando-nos ao ponto de sermos mais felizes.

É o cheiro, é o zelo, toque de mulher.
É o gosto, é o vento no cabelo, o suor na testa,
É um mundo com mais respeito, vamos ao que interessa,
Pro futuro se fazer presente, no viver.

Meus amigos que aqui chegaram ao raiar do sol,
E puseram seus lençóis no varal a secar,
analizando as leis elementares da vida,
Com um impulso decidido a fazer poesias, a todos nós.

É o cheiro, é o vento, toque do instrumento,
Fruta sem caroço, gosto amargo da vida,
Que nos faz predispostos, a curar a ferida,
Mesmo que perdida e exposta ao vento, e ao tempo das ilusões.

Ao vento das ilusões,
Cálice do néctar das ilusões,
Cálice do néctar das ilusões,
Cale-se o néctar da ilusão e nos deixe viver.

Músicas mais acessadas

Fotos (11)

Release

RELEASE
MMSORGE



Inspirados por diferentes músicos, e intuídos por seus corações os Gêmeos MMSORGE, exploram a afinidade com instrumentos acústicos e se apóiam em letras bem elaboradas para criar canções.

O resultado desta fórmula é um estilo único, que se reveste de elementos variados.

Filhos de um Acordeonista Erudito, Industrial do Setor Musical e de uma Artista Plástica, os irmãos Sorge tiveram contato com a música desde cedo aos oito anos e por orientação dos pais começaram a estudar Piano, mas logo ficou nítida a atração que os instrumentos de corda exerciam sobre eles.

Aos 11 anos, compuseram sua primeira canção, definida pelos próprios autores como uma cantiga infantil sobre a natureza, desde então, mais de 100 outras músicas foram compostas, com temas que variam entre o amor, o sobrenatural ...

Continuar lendo>>