Matheus CosttaLadrão de Coração1.103 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 7

Ladrão de Coração

MMO e Matheus Costta

Mais esse ladrão de corações
Agora come na mão de uma gatuna
Esse pobre rapaz plantou só ilusões
Agora vai ter que sentir o veneno do seus frutos

Don Juan, charlate, todo cheio de charme
Cherozo palozo, meta da noite das paty
. Sabe aonde tem que ir pra fazer viajar
. Sabe que devagarzinho é que se chega lá
Num jantar, luz de vela, cinderella
Se sente uma rainha na companhia da fera
Será por uma noite, de plebeia
A dama da corte, de paixão vai ficar cega
Como se amada fosse, por um cafajeste
Chei de segundas intenções e artimanhas sexys
Mesmo sabendo disso elas fazem o teste
E no final de tanto chorar olhos fervem
E liga no dia seguinte pronta pra fazer convite
Mesmo dando desligado elas não foge não desiste
Mal acostumado sem futuro com passado
Baladas, mulheres diversos drinks caros
Baixou a guarda do pobre Romeu
Julieta no meio das não notadas apareceu
Mais quem diria, que ironia da vida
O caçador virou uma presa fácil na armadilha
Corre perigo, selva da rosa carnívora
Cabô comigo, rodei na sua anatomia
Esse sorriso, baixou minha auto estima
Mais eu insisto, sua beleza me motiva

Mais esse ladrão de corações
Agora come na mão de uma gatuna
Esse pobre rapaz plantou só ilusões
Agora vai ter que sentir o veneno do seus frutos

Tão decidida, resolvida e convicta
No meio de princesas se destaca com seu jeito de rainha
É uma mulher madura, e não mais uma menina
Sabe jogar o jogo deles, campeã invicta
Que fascina, com seu corpo esculpido e lapidado
E um olhar brilhante como diamante raro
Tomou de assalto o assaltante profissional
O ladrão foi roubado e agora passa mal
O mágico foi pego pela própria magia
Não tem carta na manga que te livre da armadilha
Acabou as cantadas, as falsas serenatas
Na presença dessa mina todo truque falha
Eu sou o fio, ela navalha
Se diverte nesse jogo sujo dando gargalhadas
O ladrão de coração, teve o seu roubado
E agora colhe os frutos plantados no passado
Tudo que vai volta
Ontem sorri, chora agora
O mundo da voltas, e nessas voltas
Uma hora tu roda, e depois me implora
E eu rodei acelerei, me empolguei
Essa mina é um trem bala sem frei
Brinquei e brinquei, hoje é sua vez
De jogar com amante freguês

Mais esse ladrão de corações
Agora come na mão de uma gatuna
Esse pobre rapaz plantou só ilusões
Agora vai ter que sentir o veneno do seus frutos

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (1)

Fotos (11)

Clipes (6)

Release

Matheus Costta, começou sua carreira no inicio de 2015, no final de 2014 ele conheceu o MMO (Henrique Ferreira), logo formaram parcerias, de lá pra cá, ele focado na área de Midia , e o MMO na produção, até que em 2017 ele gravou sua primeira musica. Sendo Assim dando inicio oficialmente a sua Carreira.