Bem vindo à Vila Esperança

Mauricio Musa

Bem vindo à Vila Esperança
Eu sou da Vila Esperança
Da Gilda, da Nilza, Otília, Canguaretama
Eu sou da vila esperança
Bem vindo à Vila Esperança

Do pó, da fumaça, cachaça
Do futebol das quadras e várzeas
O alpha, corujas, miolo da Vila Esperança

Dos carnavais (Salve Chorões da Tia Gê)
Dos ancestrais
Adoniran até cantou primeiro amor na Vila Esperança

Do rap, do reggae, do rock
Xaxado, caipira, pagode
Bate tantan pandeiro e o tamborim na Vila Esperança

Das putas, dos bichas, travecos
Das puras, dos homens, dos sérios
Policiais e marginais, há guerra e paz na Vila Esperança

Dos pobres, dos ricos, dos prédios
Crianças, adultos e velhos
Cumai, Atuai, Araurari são Vila Esperança

Poeta e cantador (salve Itamar Assunção)
Atleta e jogador (vamo Indio)
Inspiração, composição, transpiração da Vila Esperança

Dos templos, dos centros, igrejas
Pastores, médiuns, padres e freiras
Adoração, meditação, renovação na Vila Esperança

Das pipas, das brigas, do asfalto
Dos rachas, das transas, do assalto
Do Zé Gorila, Zé Pelado e o Zé Baiano são Vila Esperança

Vamos dar um rolê
Felipe Galvão, Rosa Barbosa da Silva
Dezenove, Nova Esperança, 26 de Abril, Alvinópolis
Helorisa Camargo, Heloisa Penteado, Tobiaras, Guanana, Coremú
Manoel do Desterro, Manoel Genaro, Laurinda, Ateneu, Tabaiçú
São Gervásio, Gadelho, Nicolau, Serra da Prata, Aquirás, Coxinú
Ricardo Vilela, Augusto Austergren, Panhamés, Xanquerê, Tabaiçú
Jorge Augusto, Leopoldo, Lombardi, Eneida, Alméria, Alicante, Taparí
Rincão, Heládio, Adelaide, Demini, Onhampi, Panhamés, Pancaraí
Elizário, Nossa Senhora D'ajuda, Andre Francisco
Mapunaro, Domingos Vieira, Chacriabas, Vieira Mendes, Acrísio

Montes Aureos, Padres Olivetanos, Maria Carlota
Celina, Cecília, Embiruçú, Amador Bueno, Equici
Evans, Cinco de Maio, Isabel
Ruve e Guararani

Vila Esperança, foi lá onde passei o meu primeiro carnaval
Vila Esperança, foi lá que conheci Maria Rosa meu primeiro amor
Como fui feliz naquele fevereiro em que tudo para mim era primeiro
Primeira Rosa, primeira esperança, primeiro carnaval, primeiro amor criança

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (2)

Fotos (11)

Clipes (9)

Release

Mauricio Musa começou a tocar nos anos 80. Seu instrumento sempre foi a bateria, porém aprendeu a tocar violão por gostar de escrever, e a necessidade de musicar as letras o inclinaram para isso. Participou de diversos festivais estudantis, entre eles o FICO, chegando a fase final do mesmo. Cantou no Coralusp, já foi músico da noite e fez faculdade de musicoterapia (não formado).
Em 96 formou a dupla Musa & Cabará e 3 anos depois, lançaram o CD independente Janela do Tempo de pop-rock.
Em 2008 grava um CD com 8 músicas inéditas.
Em 2013 forma-se em educaçao fisica, realizando um sonho antigo
Em 2013 entra em estudio para gravar seu 3 trabalho independente, com 8 musicas, sendo 3 delas produzidas por Jo Borges, que trabalhou com diversos artistas ...

Continuar lendo>>