Maurício AssisEssa Nega é Doida29.994 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
Iniciando música ~ em
    1 / 4

    Contrate

    Mauricio

    (61) 9296-6423

    Essa Nega é Doida

    Maurício de Assis

    Essa Nega é Doida
    Maurício de Assis

    Essa nega é doida!
    Ah! Que mulher danada!
    Quebrou meu rádio de pilha.
    E cortou minha mesada.

    Essa nega é doida!
    Ah! Que mulher danada!
    Quebrou meu rádio de pilha.
    E cortou minha mesada.

    Só porque fui num pagode.
    Com uma galera legal.
    O samba tava animado.
    Tal e coisa, coisa e tal.
    Fui dançar com uma pretinha.
    Lá no fundo do quintal.
    Quando surge a "dona onça"
    E acabou com o carnaval.

    Essa nega é doida!
    Ah! Que mulher danada!
    Quebrou meu rádio de pilha.
    E cortou minha mesada.

    Essa nega é doida!
    Ah! Que mulher danada!
    Quebrou meu rádio de pilha.
    E cortou minha mesada.

    Junto com a turma de Ramos.
    Fui, pra piscina pescar.
    Muito "peixe" de biquíni.
    Com caniço e samburá.
    E, quando dei pela coisa.
    "Dona Onça" tava lá.
    Minha sogra, meu cunhado.
    E meu tio de Irajá
    Essa nega é doida....

    Essa nega é doida!
    Ah! Que mulher danada!
    Quebrou meu rádio de pilha.
    E cortou minha mesada.

    Essa nega é doida!
    Ah! Que mulher danada!
    Quebrou meu rádio de pilha.
    E cortou minha mesada.

    Músicas mais acessadas

    Fotos (1)

    Release

    Maurício de Assis, compositor de samba, natural do Rio de Janeiro, radicado em Brasília.

    Desde sua infância esse carioca vem vivenciando o samba de raiz e fazendo disso parte de sua vida. É letrista por amor e vocação, embora não toque nenhum instrumento. Seu dom é realmente compor e criar melodias que fazem valer ainda mais o samba.

    As músicas disponíveis nesse site foram gravadas na Bahia, tendo como intérprete Jô Teixeira. Gosta de carnaval, futebol e é torcedor do Flamengo e do Corinthians. Fã incondicional de Ivete Sangalo.