Mateus PortoHorizonte 4.901 plays
Publicidadeiniciando próxima música em Pular anúncio
Publicidade
Publicidade
pular anúncio
1 / 8

Horizonte

Mateus Porto, Carolina Ferreira, Pedro Dona

Uma linha que divide o nada
Faz do verde, cinza e um vento frio
Um rio que não é mar
Uma linha que carrega o braço
Por um rio que não respira mais
Sem tempo de voltar
Se o corpo sente o sereno
E as nuvens encobrem o sol
Se os passos sentem o tempo
Na mente a cidade é uma só
Pode o tempo ser uma miragem
Confundir o santo e a embarcação
Será que “aqui” é “lá”?
Se o corpo sente o sereno
E as nuvens encobrem o sol
Se os passos sentem o tempo
Na mente a cidade é uma só

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (1)

Fotos (2)

Clipes (1)

Release

Mateus Porto é compositor, violonista e guitarrista. Natural de Pelotas (RS), Mateus foi criado em uma família de músicos e muito cedo começou sua formação, tanto no sentido informal – na própria convivência familiar –, quanto no sentido formal – no Conservatório de Música da cidade. Com a
certeza da escolha pela música como profissão, deu início ao curso de Bacharelado em Violão na Universidade Federal de Pelotas e começou a trabalhar como músico acompanhando artistas locais dos mais variados gêneros, além de ministrar aulas.
Ainda como participante dos projetos de outros artistas, Mateus começou a desenvolver seu trabalho autoral e, aos poucos, a inserir composições suas nos repertórios daqueles que acompanhava.
A carreira solo de Mateus Porto começou, oficialmente, em 2012, quando realizou o primeiro show e lançou um EP, ambos totalmente ...

Continuar lendo>>