Vagalume

Marcia Mah

VAGALUME
Marcia Mah

Vagalume alumiô
Numa noite escura sem lua
Pirilampo no breu
Me trouxe saudade tua

Vagalume alumiô
A paixão no meu peito acendeu
Clariô, clariô
Esse amor que ainda é seu

Queima que nem brasa
Sem mostrar o fogaréu
Arde dentro do meu peito
E faz de inferno esse meu céu

Morena, tu era que nem flor de laranjeira
Morena, minha flor de laranjeira
Que é cheirosa, misteriosa
Que nem as coisas da natureza
Quando morre ainda dá fruto
E doce que nem mel de abelha
Ai morena, não esquece do meu amor

E vê se ainda resta um pouquinho
E se essa chama não se apagou
Vem alumia minha vida enche de paixão
Vem ser vagalume, ô morena no meu coração

Músicas mais acessadas

Álbuns e Singles/EPs  (4)

Fotos (35)

Clipes (43)

Release

Cantora, compositora e pesquisadora sorocabana, com graduação em Filosofia, Canto Lírico e MPB/JAZZ, trabalha no estudo e criação musical inspirada na diversidade cultural brasileira, interagindo diversas linguagens como a dança, o teatro, o meio ambiente e a sociologia. Do pop ao regional, sua música dialoga com a história e com a arte.